Esportes

Coudet poupa titulares, Praxedes ganha chance no Inter e sonha com Libertadores

Com o jogo diante da Universidad Católica na terça-feira, pelo Grupo E da Copa Libertadores da América, o técnico Eduardo Coudet vai poupar os titulares contra o Caxias, neste sábado, fora de casa, no estádio Centenário, na abertura do segundo turno do Campeonato Gaúcho.

Chance para os garotos do elenco mostrarem serviço, entre eles Bruno Praxedes. Destaque da equipe na conquista da Copa São Paulo de Futebol Júnior no começo do ano e chamado pelo treinador argentino para fazer parte dos profissionais, o meio-campista será titular contra o Caxias e sonha em convencer Coudet de que pode entrar na lista da competição continental.

O argentino pode acrescentar cinco nomes na lista de 25 que participaram das duas primeiras etapas da Libertadores, quando o Inter superou Universidad de Chile e Tolima, da Colômbia, para confirmar vaga na fase de grupos.

“Qualquer atleta sonha em jogar uma Libertadores. A gente tem de trabalhar, ganhar espaço. Quero aproveitar qualquer oportunidade da melhor forma possível”, afirmou Praxedes. “Estou preparado para jogar uma Libertadores. Ainda não estou sabendo (se vou ser inscrito). Se acontecer, vou aproveitar da melhor forma.”

Outro detalhe motiva o jogador: disputar o Gre-Nal na Libertadores, algo inédito na história do clássico gaúcho. “Um garoto de 18 anos, em uma Libertadores. Ainda por cima em um Gre-Nal, que nunca aconteceu na competição. Será maravilhoso.”

+ Consulado chinês nos EUA é fechado e provoca nova crise
+ As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

Antes disso, no entanto, tem o Caxias pela frente. A equipe da Serra Gaúcha ficou com o título do primeiro turno e já está garantido na final do Estadual. “A expectativa é enorme. O time está muito bem preparado. O Caxias fez uma boa campanha no primeiro turno. Vai ser um grande jogo”, afirmou Praxedes.

O garoto não escolhe em qualquer posição atuar. Na base, ele comentou que atuava centralizado e, às vezes, pelo lado direito. Com Coudet, Praxedes está atuando mais pelo lado esquerdo. “Onde o professor me botar, eu vou estar preparado. Não tem escolha. Onde ele me colocar, eu vou dar o meu melhor”, disse.

O meio-campista afirmou que está muito feliz com tudo que aconteceu desde o começo do ano. “Tem sido muito bom, um momento único. Estou ao lado de jogadores excelentes”, comentou. “Os mais experientes estão dando muito apoio, conversam bastante comigo, procuram ajudar.”

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?