Economia

Costa: Inquietação do povo com desemprego é inquietação todos os dias no governo

O secretário Especial de Competitividade, Trabalho e Produtividade do Ministério da Fazenda, Carlos Alexandre da Costa, disse nesta quarta-feira que a inquietação da população com o nível de desemprego é a inquietação de todos os dias no governo. “O que nós não podemos é nos render às soluções fáceis que não funcionam”, disse o secretário ao ser perguntado pelo Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, sobre o que a pasta dele está fazendo para gerar empregos.

+ Mourão, sobre ser vice de Bolsonaro em 2022: ‘Estou trabalhando para isso’

“Nós temos muita pressa, só não queremos voo de galinha”, disse. Perguntado se diante de tamanha crise e elevado desemprego não seria o caso de o governo fazer investimentos, Costa disse que para isso o governo precisa se financiar em algum lugar.

“E só existem três fontes de financiamento: aumentar imposto, que mataria ainda mais as empresas; aumentar a dívida, que traria mais instabilidade para a economia; e gerar inflação, imprimindo moeda, que é a ferramenta mais certa de empobrecimento da nossa população”, explicou.

De acordo com o secretário, o governo chegou ao limite do endividamento do setor público e da arrecadação pública de impostos. “Hoje, diferentemente de governos de anos atrás, temos de enfrentar, de uma vez por todas, os problemas que nos empobreceram nos últimos trinta anos. Não tem solução mágica”, disse Costa.

O que gera emprego e renda, segundo o secretário, é crescimento. “Não há redução de desemprego no meio de uma grande estagnação como essa que herdamos”, disse reforçando que a atual gestão recebeu um governo quebrado e sem capacidade de financiamento e de estabilização das contas públicas.

“Em segundo lugar, nós temos grandes distorções no mercado privado e estamos trabalhando para isso, para trazer mais simplicidade, menos burocracia e mais concorrência”, disse, acrescentando que a MP da Liberdade Econômica é o grande vetor de tudo isso.

Veja também

+ Ford anuncia local e investimento de US$ 700 milhões em fábrica que criará F-150 elétrico

+ RJ: tráfico promete caçar quem gravou equipe do Bravo da Rocinha: ‘Vai morrer’

+ TikTok será proibido nos EUA a partir deste domingo (20)

+ Receita fácil de balas de leite condensado

+ Hubble mostra nova imagem de Júpiter e sua lua Europa

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea