Economia

Correção: MP da TLP é lida no plenário do Senado

A matéria publicada anteriormente tinha uma incorreção no texto. Romero Jucá é líder do governo no Senado, e não no Congresso, como constou. Segue texto corrigido.

O senador Antônio Anastasia (PSDB-MG), que presidia sessão do plenário do Senado, leu a medida provisória (MP) 777/2017, que cria a Taxa de Longo Prazo para balizar os empréstimos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a partir de 2018, durante a reunião desta quinta-feira, 31. Com isso, a proposta, que está prestes a vencer, poderá ser votada na próxima semana.

Segundo o presidente da Casa, Eunício Oliveira (PMDB-CE), a MP será pautada na terça-feira, 5, e seria votada no período da tarde. No mesmo dia, está prevista sessão do Congresso Nacional, às 19 horas, para votar a altercação da meta fiscal de um déficit de R$ 129 bilhões para R$ 159 bilhões.

Pelo Twitter, o líder do governo no Senado, senador Romero Jucá (PMDB-RR), confirmou que a intenção é votar a matéria na próxima terça-feira. O Palácio do Planalto tem pressa, já que a MP perde efeito dia 6 de setembro se não for votada pelo Senado.

Como a próxima semana será marcada pelo feriado de 7 de setembro, ainda não se sabe se haverá quórum para deliberações.

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Após se aposentar da Globo, Sérgio Chapelin aparece com novo visual; veja
+ Nick Cordero morre aos 41 anos, vítima de complicações da Covid-19
+ Hamilton bateu de novo em Albon; veja memes da F1
+ Pandemia adia cirurgia e saúde de Schumacher piora
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior

Tópicos

leitura Senado TLP