Geral

Corpo de surfista morto por tubarão nos EUA chega ao Espírito Santo

O corpo do surfista Arthur Medici, de 26 anos, chegou às 17h15 desta sexta-feira, 21, no hangar do Notaer, dentro do Quartel do Comando-Geral da Polícia Militar em Vitória. O brasileiro morreu depois de ser atacado por um tubarão, enquanto surfava em Newcomb Hollow Beach, em Revere, no Estado americano de Massachusetts, no sábado, 15.

O traslado da vítima parou no Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro. Um helicóptero fez o transporte para o Espírito Santo. O carro da funerária responsável pela preparação do corpo do jovem já aguardava a liberação no local. A imprensa pôde acompanhar a cena de longe.

Nenhum familiar da vítima quis conversar com os jornalistas. Medici, que iria oficializar o noivado no fim de 2018, morava no Estados Unidos havia quatro anos.

Velório

O corpo do surfista será velado na Igreja Maranata, no centro de Vila Velha, na Grande Vitória. A família proibiu a entrada da imprensa no local e chegou a contratar seguranças. O sepultamento está programado para acontecer às 10 horas deste sábado, 22, no cemitério municipal.


+ Advogada é morta e tem corpo carbonizado no Rio de Janeiro
+ Morre Liliane Amorim, influencer de Juazeiro do Norte, após complicações da realização de lipoaspiração

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ 7 tendências de design de interiores que vão bombar em 2021
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel