Brasileiros do Ano 2019

Coronel Robespierre: “Represento desde o comandante geral, até o soldado mais novo”

Crédito: Marco Ankosqui

O coronel Robespierre de Oliveira Silva, que comandou as operações na busca por salvamento na cidade de Brumadinho. em Minas Gerais, entre agosto e outubro deste ano, foi eleito ‘Brasileiro do Ano’ por ISTOÉ na categoria Defesa Civil durante cerimônia realizada na noite desta segunda-feira (2) em São Paulo.

“Represento aqui desde o comandante geral, até o soldado mais novo, que pisou no chão de Brumadinho recentemente. Agradeço a revista Istoé por nos dar o prazer de estar entre os Brasileiros do Ano”, disse.

A tragédia de Brumadinho causou comoção mundial e deixou 270 corpos soterrados, além de um enorme rastro de destruição ambiental. O rompimento da barragem operada pela Vale S/A no Ribeirão Ferro-Carvão, na região do Córrego do Feijão, a 65 quilômetros de Belo Horizonte, aconteceu em 25 de janeiro de 2019 e exibiu a falta de controle e os problemas de segurança das grandes estruturas de mineração que funcionam em Minas Gerais.

“Ainda faltam 14 pessoas serem resgatadas e estamos em Brumadinho para salvar vidas, vida de família e amigos dessas pessoas que ainda precisam ser resgatadas”, completou.

Imediatamente depois da catástrofe, o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais começou a trabalhar no resgate das vítimas e vem fazendo, com sucesso, o mais longo trabalho de resgate ininterrupto já realizado no País. Num período de dez meses foram recuperados os corpos de dezenas de desaparecidos.