Mundo

Coronavírus: Senado da Itália impõe medidas a visitantes

ROMA, 26 FEV (ANSA) – Com mais de 300 casos de contágio e 12 mortes causadas pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) na Itália, o Senado do país adotou medidas nesta quarta-feira (26) para todos os visitantes, jornalistas e funcionários do prédio. A partir de hoje, haverá um controle de temperatura corporal na entrada do Palácio Madama, sede do Senado, com o auxílio de um scanner. Também haverá uma assepsia das mãos com álcool em gel. As visitas culturais e escolares à sede do Senado italiano estão temporariamente suspensas. A epidemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) já matou 12 pessoas na Itália e contaminou pelo menos 374, de acordo um balanço divulgado pela Defesa Civil do país nesta quarta-feira (26).   

Segundo o chefe do órgão, Angelo Borrelli, a região mais atingida é a Lombardia, com 258, seguida por Vêneto (71), Emilia-Romagna (30), Piemonte (três), Sicília (três), Lazio (três), Ligúria (dois) e Toscana (dois). Marcas e a província autônoma de Bolzano somam um contágio cada. (ANSA)

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ 7 tendências de design de interiores que vão bombar em 2021
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel