Esportes

Coritiba e Botafogo fazem confronto direto pelo G-4 do Brasileirão

O Botafogo vai ter um teste de fogo neste domingo, quando faz um confronto direto pelo G-4 do Brasileirão contra o Coritiba. O jogo válido pela oitava rodada está marcado para as 16 horas, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).



+ Onde assitir Fluminense x Flamengo hoje
+ 31 características de quem é de Gêmeos
+ Vídeo: Russos correm desesperados após drone ucraniano jogar bomba em trincheira
+ Astrônomos indicam que passagem estranha da Bíblia pode ser verdadeira

Invicto há oito jogos, o Botafogo tem 12 pontos contra 10 do Coritiba, que não sabe o que é derrota no Couto Pereira desde o dia 21 de novembro do ano passado. De lá para cá foram 12 partidas, sendo cinco vitórias seguidas.

Para manter os 100% de aproveitamento diante dos seus torcedores no Brasileirão, o Coritiba vai precisar por cima de desfalques importantes. O técnico Gustavo Morínigo não pode contar com quatro jogadores considerados titulares.

A dupla de zaga formada por Henrique e Luciano Castán foram expulsos na derrota para o Atlético-GO, por 2 a 0, enquanto o atacante Alef Manga recebeu o terceiro cartão amarelo. Já o volante Andrey sofreu uma lesão no joelho e foi vetado pelo departamento médico.

Não bastasse tudo isso, Gustavo Morínigo também não vai poder ficar no banco de reservas, pois recebeu o terceiro cartão amarelo. O auxiliar Toro Acuña é quem comandar o Coritiba.

Assim como aconteceu em Belo Horizonte (MG), no empate com o América-MG, por 1 a 1, o Botafogo mais uma vez deve contar com o apoio da sua torcida mesmo jogando fora de casa. Mais de 1.300 ingressos foram vendidos antecipada para os alvinegros.

Apesar da má atuação diante do América-MG, o técnico português Luís Castro não deve fazer mudanças drásticas no time titular. Desfalque em Belo Horizonte (MG) por estar com gripe, o meia Chay volta a ficar à disposição e pode aparecer no lugar de Tchê Tchê, deixando o Botafogo mais ofensivo.

“A gente está se adaptando, conseguimos bons resultados. Acho que esperar ninguém esperava, mas dentro de cada um a gente sabe da nossa qualidade e do nosso trabalho. Mostramos um pouco e vamos continuar mostrando. Vamos buscar voos grandes e, quem sabe, brigar pelo título no final”, disse Chay, em entrevista coletiva na última sexta-feira.