Esportes

Corinthians visita Boca na Bombonera para garantir vaga nas oitavas da Libertadores


O Corinthians vai nesta terça-feira à Bombonera para enfrentar o Boca Juniors em busca de uma vitória e garantir uma vaga nas oitavas de final da Copa Libertadores da América.

Depois do empate de ontem em 2 a 2 com o Internacional em Porto Alegre, o ‘Timão’ é o líder do Campeonato Brasileiro com 13 pontos em seis rodadas.

A equipe brasileira também lidera o Grupo E da Libertadores, com um ponto à frente do próprio Boca.

O Corinthians, que já desembarcou na capital argentina, não poderá contar com o lateral-direito Fagner, que sofreu lesão no tornozelo direito.

Com o desfalque, o treinador Vítor Pereira poderá mudar o esquema de jogo do time, já que o substituto imediato de Fagner, Rafael Ramos, não está inscrito na Libertadores.

Ramos viajou com a delegação corinthiana a Buenos Aires, apesar de não poder entrar em campo, depois de ter sido preso e liberado sob pagamento de fiança após ser acusado pelo volante do Inter Edenilson de tê-lo chamado de “macaco”.

Para o Bocar Juniors, a semana é decisiva. Classificado para a final da Copa da Liga Argentina no próximo domingo contra o Tigre, o time ‘xeineze’ precisa vencer o Corinthians para não se complicar na chave e correr o risco de ficar fora do mata-mata da Libertadores.

Para o jogo de amanhã, o técnico Sebastián Battaglia poderá contar com o retorno do zagueiro Carlos Izquierdoz, que já cumpriu os quatros jogos de suspensão impostos pela Conmebol por conta dos incidentes na Libertadores do ano passado contra o Atlético Mineiro.

“Agora temos um jogo importante com o Corinthians, mas a final da Copa da Liga também é importante para nós porque isso é o Boca e temos que tentar ganhar tudo”, disse Battaglia.

Boca Juniores e Corinthians se enfrentam nesta terça-feira, às 21h30 (horário de Brasília), com arbitragem do uruguaio Christian Ferreyra.

Possíveis escalações:

Boca Juniors: Agustín Rossi – Luis Advíncula, Carlos Zambrano, Carlos Izquierdoz e Frank Fabra – Guillermo Fernández – Eduardo Salvio, Alan Varela, Juan Ramírez (Cristian Medina) e Óscar Romero – Darío Benedetto. Técnico: Sebastián Battaglia.

Corinthians: Cássio – João Victor, Raul Gustavo e Fábio Santos – Renato Augusto, Maycon, Du Queiroz e Lucas Piton – Willian, Gustavo Mantuan e Jô (Róger Guedes). Técnico: Vítor Pereira.

str/sa/ol/cb