Esportes

Corinthians busca vitória para cumprir ‘lei de Guardiola’ no Brasileirão

Treinador espanhol diz que um campeonato de pontos corridos se conquista nas oito primeiros jogos, e o Timão pode fechar a oitava rodada como líder

Corinthians busca vitória para cumprir ‘lei de Guardiola’ no Brasileirão

O técnico Guardiola costuma dizer que um campeonato de pontos corridos em tiro longo, como é o Brasileiro, é ganho nas oito primeiras rodadas. Neste domingo (29), o Corinthians entra em campo cumprir com êxito esse ensinamento e fechar a oitava partida do Brasileirão na liderança.



+ Onde assitir Fluminense x Flamengo hoje
+ 31 características de quem é de Gêmeos
+ Vídeo: Russos correm desesperados após drone ucraniano jogar bomba em trincheira
+ Astrônomos indicam que passagem estranha da Bíblia pode ser verdadeira

O clube alvinegro entra em campo diante do América-MG, às 18h, na Neo Química Arena, já sabendo o resultado do terceiro colocado, o Palmeiras, arquirrival corintiano, que joga o clássico contra o Santos, na Vila Belmiro, às 16h.

Outro rival direto do Timão, o São Paulo, é o vice-líder atualmente, após empatar em 2 a 2 com o Ceará, no estádio do Morumbi, no último sábado (28), mas como já entrou em campo na rodada não consegue ultrapassar o Time do Povo, algo que só os palmeirenses têm chance neste fim de semana.

Em sete jogos até aqui, o Corinthians só perdeu um, justamente contra o Palmeiras, pela terceira rodada. Além disso, acumula quatro vitórias e dois empates, nas duas últimas partidas do Brasileirão, contra Internacional e São Paulo, respectivamente.

Para fazer valer a ‘Lei de Guardiola’ e dar o primeiro bom passo em busca do oitavo Brasileirão, o Time do Povo vai precisar esquecer a Libertadores, já que na última quinta-feira (26) os corintianos decepcionaram ao somente empatar com o, já eliminado e com time reserva, Always Ready, da Bolívia, em plena Neo Química, e, mesmo conseguindo a classificação às oitavas de final, não garantiu a liderança do grupo E, decidindo as oitavas de final da Liberta, contra os argentinos do Boca Juniors, fora de casa.

Virar a chave é necessário quando se trata de fases diferentes em competições que são disputadas ao mesmo tempo.

Em relação aos resultados recentes, o Corinthians tem versões de copos cheios e vazios. Se por um lado, o clube alvinegro não perde há nove jogos, o que corresponde há mais de um mês, ele também só venceu duas entre as últimas sete partidas. Há um acúmulo de empates que pode ser ruim para o Timão no tiro longo do Campeonato Brasileiro. São quatro igualdades no marcador consecutivo, duas pelo Brasileirão e dois pela Libertadores.

Contra o América-MG, o Timão tem alguns desfalques, como o zagueiro João Victor, o meia Paulinho e o atacante Jô, entregues ao departamento médico, e o lateral-direito em transição física. Por outro lado, deve ter um time próximo do ideal, com nomes como Renato Augusto e Willian, que não foram titulares no último jogo, contra o Always, provavelmente iniciando a partida.