Esportes

Corinthians aproveita semana para ter força máxima em decisões

Pela primeira vez em dois meses o Corinthians não terá uma partida no meio da semana. A oportunidade faz o técnico Tite prever a recuperação de atletas desgastados e machucados para que estejam à disposição do time para os dois próximos compromissos, ambos decisivos e em casa pelo Campeonato Paulista e pela Copa Libertadores, respectivamente.

Um dos retornos mais aguardados é do meia Rodriguinho. De contrato renovado, o jogador deve voltar após três jogos afastado com lesão e ficar entre os relacionados para o jogo contra o Red Bull, no fim de semana, pelo Paulistão. Dias depois a equipe vai receber o Cobresal, do Chile, pela Libertadores, com a necessidade de um empate para garantir vaga na próxima fase.

O Corinthians utilizou na primeira fase do Paulistão 25 jogadores como titulares nos 15 jogos iniciais pela competição. No último domingo, contra o Novorizontino, a equipe bateu o Novorizontino por 3 a 0 com o time misto e chegou à maior série de vitórias no Itaquerão – dez. Antes disso, a maior sequência de resultados positivos havia sido alcançada entre 2014 e 2015.

No mesmo jogo com o Novorizontino a torcida participou de uma promoção para arrecadar R$ 100 mil para ajudar na construção do CT da base. Em uma ação batizada “Ganhar no Grito”, o goleiro Matheus Vidotto e o ex-jogador Alessandro, apareceram no telão da arena durante o intervalo para convidar a torcida e entoar gritos de algumas marcas que apoiaram o projeto. O desafio era atingir o pico máximo de um gráfico exposto no telão que media a altura do grito. Vários torcedores aderiram, o “gritômetro” atingiu o pico e a torcida garantiu uma verba extra que ajudará na obra.

Tópicos

Corinthians Futebol