Esportes

Corinthians anuncia a contratação do atacante Everaldo, ex-Fluminense

O Corinthians anunciou nesta quarta-feira pelas redes sociais a contratação do atacante Everaldo, que estava no Fluminense. O atacante de 24 anos assinou um contrato por quatro temporadas, com vínculo válido até junho de 2023.

O clube e o jogador já haviam se acertado há algumas semanas, mas tiveram de esperar o final do vínculo com o Fluminense, que terminou na última sexta-feira. Depois disso, Everaldo realizou exames médicos e finalmente assinou contrato.

O Corinthians pagou R$ 2,5 milhões por 50% dos direitos do atleta que pertenciam ao Velo Clube, time do interior paulista. O Fluminense tinha prioridade na compra, mas a equipe alvinegra ofereceu um melhor salário e ficou com o atacante.

Everaldo foi contratado a pedido do técnico Fábio Carille. O jogador tem características semelhantes a de Clayson e o treinador disse que fazia falta ao elenco um atleta de velocidade e que busque o drible pelos lados do campo.

Ele é a 14.ª contratação da temporada e só poderá disputar o Campeonato Brasileiro, pois já entrou em campo pelo Fluminense na Copa do Brasil e na Copa Sul-Americana. Apesar da pouca idade, o Corinthians será o sétimo clube na carreira do atleta, que já havia passado por América-PE, Boa, Mogi Mirim, Serra Talhada-PE, Velo Clube e São Bento, além do Fluminense.

Veja também

+ Toyota Corolla Cross é SUV do Corolla para brigar com Jeep Compass e cia; confira imagens oficias
+ Coronel da PM diz que Bolsonaro é ‘falastrão’ e renuncia à entidade de Oficiais
+ Fundador da Ricardo Eletro e filha são presos em operação contra sonegação
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Paçoquita vira sorvete de massa e pretende ser vendida nos EUA
+ Juliana Caetano, do Bonde do Forró, fala sobre proposta de 500 mil reais que recebeu
+ Uma Harley-Davidson com 360 diamantes e peças banhados a ouro, a moto mais cara do mundo
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior