Mundo

Coreia do Norte já não está interessada em uma cúpula com os EUA

Coreia do Norte já não está interessada em uma cúpula com os EUA

Kim e Trump se encontraram três vezes desde junho do ano passado - AFP

A Coreia do Norte não está mais interessada em realizar cúpulas com os Estados Unidos se Washington persistir em não fazer concessões, afirmou o governo de Pyongyang nesta segunda-feira, horas depois que Donald Trump se referiu a uma possível nova reunião.

“Ele deve agir rapidamente e fechar um acordo”, tuitou o presidente americano no domingo, dirigindo-se ao líder norte-coreano Kim Jong Un, antes de acrescentar: “Até breve!”

Os dois se encontraram três vezes desde junho de 2018. No entanto, as negociações entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte sobre o desmantelamento do programa nuclear norte-coreano estão paralisadas.

Pyongyang deu a Washington até o final de 2019 para fazer uma nova oferta.

“Não estamos mais interessados nesse tipo de reunião que não contribui em nada”, declarou Kim Kye Gwan, consultor do ministério, em um comunicado divulgado pela agência de imprensa oficial KCNA.

“Não daremos nada mais ao presidente dos Estados Unidos do que ele possa de gabar”, acrescentou, insistindo que Pyongyang deve ser recompensado pelos “sucessos” que Trump apresenta como seus.

Essas críticas diretas ao inquilino da Casa Branca são uma novidade da Coreia do Norte, que até agora dirigia seu descontentamento contra outros membros do governo dos Estados Unidos.