Esportes

Copa Africana de Nações começa com vitórias do país-sede Camarões e de Cabo Verde

Camarões, país-sede da Copa Africana de Nações (CAN), estreou bem em casa ao vencer Burkina Faso por 2 a 1 neste domingo, na partida de abertura do torneio continental.

Os camaroneses assumiram assim a liderança do grupo A, com 3 pontos, ao lado de Cabo Verde, que venceu a Etiópia por 1 a 0.


A vitória dos ‘Leões Indomáveis’ em casa veio com uma virada.

Os burkineses abriram o placar em Yaoundé aos 24 minutos, por meio de Gustavo Sangaré, mas o capitão camaronês, Vincent Aboubakar, garantiu a virada ao converter dois pênaltis (40 e 45 + 3).

Aboubakar tem ótimas lembranças da CAN, já que marcou o gol da vitória sobre o Egito (2-1) na final desta competição em 2017.

A equipe anfitriã desta Copa Africana chegou à primeira partida do torneio com cinco desfalques, que testaram positivo para covid-19.

Os ‘Leões Indomáveis’ não conseguiram fazer um grande jogo, mas cumpriram a missão, confirmando sua condição de favorito para tentar o sexto título de campeão africano.

“A vitória é importante para nós”, comemorou o treinador da seleção camaronesa, Toni Conceição.

“Sabíamos que jogar em casa a primeira partida era estressante, um fardo psicológico que pesa sobre os jogadores, mas eles souberam reagir e isso nos permitiu entrar no jogo. Nossa equipe mostrou sua capacidade de reação. Nós não fizemos um grande jogo, mas o essencial é que vencemos “, acrescentou.

Já a vitória de Cabo Verde sobre a Etiópia veio com um gol de Julio Tavares nos acréscimos da primeira etapa (45 + 1).

Os etíopes atuaram a maior parte do jogo com menos um devido à expulsão de Yared Baye aos 12 minutos.

– Presidente Biya na abertura –

Antes do jogo da seleção de Camarões, uma cerimônia de abertura da Copa Africana de Nações ocorreu no estádio de Yaoundé, que por semanas parecia em sérias dúvidas devido à pandemia de covid-19 e especialmente devido à expansão mundial da variante ômicron.

Neste evento que antecedeu o jogo houve muita cor, música africana e um leão virtual, com as arquibancadas 80% cheias. Esta lotação máxima foi definida para este jogo pela Confederação Africana de Futebol (CAF) e pelas autoridades sanitárias.

Um dos destaques dessa cerimônia de abertura foi a rara aparição de Paul Biya, de 88 anos. O homem que ocupa a presidência de Camarões desde 1982 saiu de uma limusine conversível na pista de atletismo do estádio e deu uma volta ao redor do campo, aplaudido pelo público.

Biya então fez uma breve declaração oficial de abertura do torneio. Desde sua polêmica reeleição em 2018, as aparições públicas do líder político têm sido muito limitadas e sua presença neste domingo no estádio era muito aguardada, em meio aos grandes rumores que vinham repercutindo sobre seu frágil estado de saúde.

bur-eba/dr/mcd/aam





Tópicos

2021 2022 Africa CMR Copa fbl