O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Aloizio Mercadante, afirmou neste sábado que a lei climática americana – chamado Inflation Reduction Act (IRA) – retira a competitividade de empresas de economias emergentes, como o Brasil. Em um painel durante a 28ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP28), que ocorre em Dubai (Emirados Árabes Unidos), Mercadante disse que o IRA é um “Plano Marshall ao contrário”, referindo-se ao programa americano que apoiou a reconstrução de países penalizados durante a Segunda Guerra Mundial.

A lei climática americana oferece incentivos fiscais para a produção nos Estados Unidos de painéis solares, veículos elétricos e outros produtos de energia renovável feitos com metais extraídos nos Estados Unidos ou países com acordos de livre comércio com os EUA.


Siga a IstoÉ no Google News e receba alertas sobre as principais notícias