Esportes

Contra o rebaixamento, Botafogo quer vitória sobre a Ponte Preta em Campinas

A vitória sobre o então líder Palmeiras afastou a crise e tirou o Botafogo da zona do rebaixamento. O problema é que o alívio momentâneo pode virar novo problema caso o time não consiga um bom resultado contra a Ponte Preta, nesta quinta-feira, às 19h15, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), em confronto pela 18.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Na 14.ª posição, o time alvinegro carioca está a apenas três pontos acima do Santa Cruz, o 18.º colocado. Uma derrota pode dificultar a vida da equipe e o colocá-lo novamente no grupo dos piores, já que o confronto contra o Grêmio, pela 19.ª rodada, foi adiado para setembro por um pedido do governo do Estado do Rio de Janeiro por motivos de segurança em torno da Olimpíada. Mais tranquila, a Ponte Preta tem 24 pontos.

Irregular no campeonato, o Botafogo tem encontrado seguidos problemas e não consegue emplacar uma sequência positiva para se afastar do rebaixamento. O próprio grupo reconhece a pressão para que isso aconteça e projeta um começo para o jogo em Campinas.

“Nessa competição, se ganharmos duas seguidas, vamos dar uma alavancada grande na tabela. Mas ainda não conseguimos isso. É hora de se pensar em buscar três pontos fora de casa. Já joguei na Ponte e sei das dificuldades, mas temos de aproveitar nosso bom momento”, disse o lateral-direito Luís Ricardo.

Ainda sem contar com Jefferson, que está em fase final de recuperação, o treinador tem retornos importantes. Liberados para a partida, Leandrinho e Rodrigo Pimpão treinaram normalmente e ficam à disposição, assim como Emerson Silva e Gegê. Leandrinho pode até figurar entre os titulares. Os desfalques ficam por conta de Carli e Sassá, que se lesionaram e continuam fora da equipe.

Com dores musculares na coxa direita, Rodrigo Lindoso está fora da partida e cede lugar para Dudu Cearense. Destaques que foram contratados no meio do ano, Camilo e Canales estão confirmados no time titular alvinegro.