Mundo

Conservadores confirmam favoritismo em eleição no Irã

TEERÃ, 22 FEV (ANSA) – Os primeiros resultados da contagem de votos das eleições parlamentares no Irã indicaram neste sábado (22) o fortalecimento da ala conservadora do país.   

As eleições definirão os 290 membros do Parlamento e sete integrantes da Assembleia dos Especialistas, composta por 88 religiosos encarregados de eleger o guia supremo do país.   

De acordo com os resultados iniciais, 14 ex-membros do gabinete do ex-presidente Mahmoud Ahmadinejad foram eleitos.   

Entre os possíveis vencedores da consulta está também Mohammad Bagher Qalibaf, ex-general da Guarda Revolucionária e ex-prefeito de Teerã, que muitos indicam como um forte candidato para a eleição presidencial de 2021 para suceder Hassan Rohani.   

O comparecimento da população iraniana nas urnas ficou perto dos 40%, contra os 62% registrados em 2016. Segundo o ministério do Interior, há 40 anos, a participação nas eleições legislativas do Irã sempre passou dos 50%.   

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

Além disso, a votação aconteceu no meio de uma epidemia de coronavíruas, que até o momento já deixou cinco mortos no Irã.(ANSA)

Veja também

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?