Mundo

Conselho de Segurança condena teste de míssil norte-coreano

PEQUIM, 16 MAI (ANSA) – O Conselho de Segurança das Nações Unidas condenou na noite de ontem (15) a Coreia do Norte pelo lançamento de míssil realizado no último domingo (14) e pediu novas sanções contra o país devido ao seu “comportamento altamente desestabilizador”.   

Em um comunicado assinado por unanimidade, inclusive pela China, o Conselho pediu que o regime de Pyongyang mostre “sincero compromisso pelo abandono dos programas nucleares atráves de medidas concretas”. Nesse sentido, a ONU solicitou que o país “não conduza outros testes nucleares nem de mísseis balísticos”.   

Os Estados Unidos e o Japão convocaram uma sessão de emergência do Conselho de Segurança após o lançamento do míssil Hwasong-12, de médio alcance, mas o que parece ter a maior potência até então. A resolução aprovada ontem servirá de base para este encontro.   

Os testes de mísseis e nucleares são vetados para a Coreia do Norte desde 2006, quando foram aprovadas resoluções na ONU proibindo as medidas. Porém, somente no ano de 2016, o regime de Pyongyang fez dois testes nucleares e 24 lançamentos de mísseis. (ANSA)

Veja também

+ Por falta de provas, Justiça nega pedido da defesa da ex-mulher do atacante Dudu
+ Namoro de Angela Ro Ro chega ao fim e ela desabafa: “Fui traída e usada”
+ Cantora Patricia Marx se assume lésbica aos 46 anos de idade
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior