Geral

Conselho de Ética aprova relatório para cassar mandato da deputada Flordelis

Crédito: Reprodução TV Globo

Flordelis (Crédito: Reprodução TV Globo)


Sob acusação de orquestrar o assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, a deputada Flordelis (PSD-RJ) teve seu mandato cassado após decisão do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados nesta terça-feira (8), conforme apuração do G1.

Quase por unanimidade, por 16 votos a 1, os parlamentares aprovaram o relatório do deputado Alexandre Leite (DEM-SP). Vale registrar que o único parlamentar que votou a favor de Flordelis foi Márcio Labre (PSL-RJ).

Apesar da decisão, o assunto ainda precisa ser levado para votação da casa, que precisa da concordância de 257 deputados para que Flordelis perca o mandato.

A aprovação do relatório também pode ser objeto de recurso da deputada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara.

A deputada é ré no caso da morte do seu marido, morto em junho de 2019. Flordelis ainda terá de responder na Justiça pela acusação de homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, emprego de meio cruel e de recurso que impossibilitou a defesa da vítima), tentativa de homicídio, uso de documento falso e associação criminosa armada.

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio