Economia

Conselho de administração da Furnas aprova mudança de sede

O conselho de administração de Furnas aprovou, em reunião realizada nesta sexta-feira, 19, a mudança da sede da companhia para a Av. Graça Aranha, 26, no centro do Rio de Janeiro. Em comunicado, a companhia informa que a transferência deve ocorrer no primeiro trimestre de 2020, e vai permitir economia em torno de R$ 30 milhões por ano e redução de mais de 50% dos gastos com aluguel e serviços.

Furnas é subsidiária da Eletrobras, estatal que está em vias de ser privatizada por meio de uma capitalização, na qual o governo perderá o controle da companhia, que é a maior geradora de energia elétrica do País.

De propriedade da Fundação Real Grandeza, os prédios onde a sede de Furnas funciona desde 1971 foram projetados para abrigar cerca de 6 mil funcionários, e hoje atendem a apenas 1.500 colaboradores, argumenta a estatal.