Economia

Conselho curador aprova orçamento do FGTS para 2020 e orçamento plurianual

O Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) aprovou os orçamentos financeiro, operacional e econômico do FGTS para o exercício de 2020 e o orçamento plurianual de aplicação para o período de 2021-2023. A resolução com a aprovação está publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 12, que traz os anexos com o detalhamento das aplicações dos recursos dos fundo e estimativas de saques para os próximos anos.

Para aplicação em Habitação, a previsão é de um orçamento operacional, para contratações, de R$ 65,500 bilhões por ano (2020, 2021, 2022 e 2023). Deste total, R$ 62,500 bilhões serão destinados para habitação popular.

Com relação à previsão de saques, o orçamento financeiro plurianual do FGTS prevê um total de saques de R$ 148,769 bilhões para 2020; R$ 138,378 bilhões para 2021; R$ 141,259 bilhões para 2022; e R$ 144,467 bilhões para 2023.

O Conselho também aprovou o planejamento estratégico do FGTS para o período de 2020 a 2030. As duas resoluções estão publicadas no DOU desta quinta-feira.

+ Consulado chinês nos EUA é fechado e provoca nova crise
+ As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

Veja também

+ “Vamos banir o TikTok dos Estados Unidos” declarou Donald Trump

+ ‘Chaves’ deixa de ser exibido na televisão no Brasil

+ Marcos sai em defesa de Marcelinho e questiona Casagrande: ‘Que democracia é essa?’

+ Pelo menos 7 mortos e 30 feridos em engavetamento com dez veículo na BR 277, em Curitiba

+ Juliana Caetano se reúne com amigas para divulgar reality show Mansão Bonde

+ Luísa Sonza abre jogo sobre comentários machistas que recebe na internet

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Simaria posa com vestido sensual e arranca suspiros

+ Namorada de Marco Verratti exibe fotos sensuais

+ Lívia Andrade posa de fio dental

+ Google permite ver animais em 3D com realidade aumentada

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?