Esportes

Conselheiro do Sport diz que existe ‘panelinha’ para evitar punição por homofobia contra Gil do Vigor

Conselheiro do Sport diz que existe ‘panelinha’ para evitar punição por homofobia contra Gil do Vigor

Gil do Vigor é torcedor do Sport (Foto: Reprodução)


Até hoje nada aconteceu com um conselheiro do Sport, Flávio Koury, suspeito de praticar homofobia contra o ex-BBB Gil do Vigor. De acordo com informações divulgadas pelo portal UOL, uma “panelhinha” da Comissão de Ética e Disciplina impediu que esse caso fosse avaliado no clube até agora.

+ Em busca de reabilitação, Athletico-PR e Sport se enfrentam em Curitiba

+ Sylvinho elogia versatilidade de Róger Guedes e Luan no Corinthians

+ Flamengo conta com ‘selecionáveis’ diante do Palmeiras

O comentário sobre essa “panelinha” foi feita pelo também conselheiro Romero Albuquerque, que também fez a denúncia original do caso.

“Chegamos a propor na última reunião do Conselho o afastamento dos membros da Comissão de Ética, porque eles não estavam cumprindo o prazo (60 dias) e não tinham nenhum interesse em levá-lo adiante. A previsão legal era que o presidente da Comissão mudasse os integrantes da Comissão. Existe uma panelinha lá e decidiram por não aprovar o requerimento para mudar a Comissão, que não quer dar continuidade”, esclareceu Albuquerque.

Koury criticou Gil do Vigor por causa de uma dança feita no Estádio da Ilha do Retiro. Em áudio vazado na época, em maio deste ano, ele fez insinuações graves contra o ex-BBB. “Se ele tivesse feito essa dancinha na casa dele ou no bordel, eu não estava nem aí. Foi dentro da Ilha do Retiro, né rapaz? Isso é uma desmoralização! Isso é ausência de vergonha na cara. É isso que estamos vivendo. Não tem mais respeito por pai e filho. É a depravação. Isso é o retrato do que o PT deixou pra gente. É exatamente isso”.

O assunto surgiu em maio, mas a notificação só foi confirmada em 27 de agosto, uma demora que impediu o afastamento de Koury.

Agora a Comissão diz que aguarda e defesa do conselheiro acusado. Ele tem 15 dias de prazo, a partir do dia 27 de agosto, para se manifestar. Depois será enviado um parecer ao Conselho Deliberativo.

Albuquerque afirmou que existe uma amizade dos membros da Comissão de Ética com Flávio Koury, então dificilmente haverá punição.

O presidente do Conselho Deliberativo do clube, Pedro Leonardo Lacerda, deixou a responsabilidade com o Conselho de Ética. “Nem a presidência do Conselho Deliberativo, nem a presidência executiva e nem a Mesa Diretora tem hierarquia, gerência, gestão ou interferência na comissão de Ética e Disciplina”.

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio