Coronavírus

Conheça o brasileiro que morreu após participar de teste da vacina de Oxford

Crédito: Reprodução/ Facebook

Amigos ficaram surpresos com a morte do médico João Pedro Rodrigues Feitosa (Crédito: Reprodução/ Facebook)

A notícia da morte de um voluntário brasileiro, que participou de testes da vacina de Oxford para a Covid-19, gerou preocupação e incertezas sobre a eficácia do imunizante desenvolvido pelo universidade do Reino Unido em parceria com o laboratório AstraZeneca. Segundo a TV Globo, o jovem recebeu um placebo e não uma dose do imunizante.

+ Anvisa diz ter sido informada sobre falecimento do voluntário da vacina de Oxford

Segundo o jornal O Globo, o voluntário é o médico João Pedro Rodrigues Feitosa, de 28 anos, que trabalhava no atendimento de vítimas da Covid-19 em um hospital privado e em outro municipal na cidade do Rio de Janeiro.

João morreu por complicações da doença na última quinta-feira (15). Amigos do médico ficaram surpresos com a notícia, porque ele tinha boa saúde. O médico recebeu uma dose de placebo no final de julho e adoeceu em setembro.

 

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel