Economia

Conheça a nova aposta das empresas para sair da crise na pandemia


Não é segredo para ninguém que muitos setores sofreram com a pandemia e a paralisação de grande parte das atividades. Diante deste cenário, muitas marcas resolveram investir em soluções inovadoras, como os ‘clubes de assinaturas’. A venda recorrente de produtos digitais, serviços e benefícios para associados só teve a sua consolidação no Brasil em 2020, período em que foram criados mais de 800 novos sites do segmento, caracterizando um aumento de 37,5% em relação à última pesquisa, feita em 2014 pela plataforma Betalabs.

O aquecimento deste mercado promoveu dezenas de modalidades de assinaturas, existindo diversos modelos de negócios, desde academias a serviços pet, serviços de estética, entre tantos outros. Em alguns casos, a assinatura é o foco do negócio e, em outros, uma fonte complementar de vendas. O fato é que, em 2020, este mercado movimentou pouco mais de R$ 1 bilhão, caracterizando um aumento de 10% neste setor de vendas.

“Assinaturas dão uma boa previsibilidade do faturamento. Neste mercado, quando falamos de sazonalidade, nos referimos à obtenção de novas assinaturas, mas o faturamento já contratado deve acontecer”, explica o especialista Renato Claro, sócio da Kick Off Consultores Associados. Outra grande vantagem é o efeito cumulativo das novas vendas de assinaturas, uma vez que se garanta uma gestão competente do churn rate (taxa de perda de clientes no tempo).

“O grande desafio é manter o interesse do cliente no longo prazo, evitando o cancelamento da assinatura (“churn”). Para tanto, é fundamental que haja consistência e qualidade na entrega do produto ou serviço. Em alguns casos, a oferta constante de novos produtos é fundamental. Isto implica em investimento permanente no desenvolvimento de novos produtos, novos fornecedores e capacidade de atendimento”, completa.

As projeções de crescimento para este modelo de negócio são bastante promissoras, tendo já crescido 15% no primeiro trimestre de 2021, devido, principalmente, à grande quantidade de novas empresas no segmento. Também foram coletados dados que mostram um crescimento de mais de 32% no número de assinaturas em empresas já existentes no mesmo período citado.

As principais tendências de categorias de assinaturas são os seguintes modelos: nicho e curadoria, mais aplicado em sites de assinaturas, principalmente caixas personalizadas; clube de associados, oferecendo serviços exclusivos, cupons de desconto, entre outros benefícios; infoprodutos, assinatura de plano mensal para acesso de conteúdo.

Dentre as categorias que mais cresceram com esse modelo de negócio somente no primeiro trimestre deste ano, estão os setores de beleza, correspondendo a 11% dos novos serviços, e também o segmento pet, com 10%. Tendo em vista essa progressão, a belle.club, clube de beleza com serviços ilimitados, e a rede de franquias de clínicas pet Clinicão aderiram à expansão do clube de assinaturas.

O belle.club, em parceria com o Instituto Embelleze, criou o primeiro salão de beleza por assinaturas do Brasil, no qual a cliente paga uma mensalidade e pode ir em uma das unidades para fazer os serviços de smart escova, manicure e pedicure quantas vezes quiser, de forma ilimitada.

“A parceria com belle.club vai ao encontro do DNA do Instituto Embelleze que sempre pensa na consumidora, no bem-estar e na transformação de vidas no segmento da beleza, seja através na formação profissional ou na prestação diferenciada de serviços”, reforça Daniel Narcizo Pereira, presidente do Instituto Embelleze.

Os serviços são organizados em três planos mensais distintos pela frequência de visitas. Dessa forma, os sócios conseguiram padronizar a qualidade e ter um compromisso fundamental: a gestão do tempo. Isso porque as assinantes ficam prontas em até 1 hora, mesmo se fizerem tudo de uma só vez. Outro ponto importante é a praticidade oferecida, pois a assinatura pode ser feita pelo site ou pelo aplicativo da marca, disponível na App Store e no Google Play, assim como agendar horário, entrar em contato com a central de atendimento, comprar serviços e receber notificações para não esquecer do agendamento.

“Desde o início optamos pelo modelo de assinaturas por entender que esse modelo de negócio gera a previsibilidade para todos os envolvidos no negócio: o dono da unidade, a profissional que realiza o atendimento e recebe sua participação e a assinante que consegue garantir os serviços pagando apenas uma mensalidade. Com o “tempero” dos serviços ilimitados tivemos grande sucesso, pois pegamos em um ponto que agrada muito as brasileiras”, comenta William Alves, sócio da marca.

Já a marca Clinicão inova com o seu clube de assinatura para assessoria virtual e personalizada voltada a quem tem pet: a Clinicão Plus. Por meio da plataforma, os veterinários da clínica estarão conectados para tirarem dúvidas e postarem conteúdos exclusivos sobre o universo pet. As informações ilimitadas, e os conteúdos inéditos relacionados ao mundo animal estarão disponíveis por meio do WhatsApp em formato de foto, vídeo ou áudio, de segunda a sexta-feira, das 9h às 20h. Além da facilidade em tirar dúvidas com a equipe de especialistas da rede através de um clique, a Clinicão Plus, dá descontos no atendimento presencial, nas suas cinco unidades nos estados de São Paulo e Minas Gerais (três na cidade de São Paulo, uma em Guaratinguetá e uma em Belo Horizonte) e para os integrantes do grupo, a rede possui tabela diferenciada nos valores de consultas veterinárias.

“Em muitas situações, em uma viagem, por exemplo, nossos clientes viajam com seus pets, precisam de um suporte especializado e não tem para aonde ir. O Clinicão Plus chegou para corrigir esse gargalo. E ainda é uma forma de manter a proximidade e fidelidade dos clientes e, dessa forma, aumentar o fluxo de atendimentos presenciais”, conta Monique Rodrigues, veterinária, fundadora e CEO da Clinicão.


Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais