ISTOÉ Gente

Condenado por assassinato, goleiro Bruno vira garoto-propaganda de canil

Crédito: Reprodução Instagram

Mesmo após ser condenado pela Justiça a cumprir uma pena de 22 anos e três meses pelo assassinato e ocultação de cadáver de Eliza Samudio, o goleiro Bruno, que cumpre prisão em regime semiaberto desde julho de 2019, virou garoto-propaganda de um canil, segundo informações da coluna de Fábia Oliveira, do jornal O Dia, do Rio Janeiro.

O que mais choca é que quando surgiram as primeiras notícias sobre onde estaria o corpo de Eliza, diziam que cachorros da raça Rottweiler teriam comido.

Ao saber que Bruno é garoto-propaganda, um seguidor questionou o atleta sobre a polêmica que esse anúncio poderia causar novamente em sua vida, Bruno respondeu: “Você acredita realmente no que foi noticiado no passado? Amigo, abra a mente! Na época, foram feitos exames que comprovaram que tudo não passou de imaginação daquele noiado do meu sobrinho”.

LEIA TAMBÉM: Gloria Perez critica propaganda de canil com goleiro Bruno: ‘É um deboche’

Vale lembrar que a Globoplay iria fazer uma série sobre o assassinato de Eliza Samúdio, que recontaria o crime cometido pelo goleiro em 2010. Uma das cenas da trama iria contar com a presença de cães da raça rottweiler devorando Samúdio. O projeto foi cancelado temporariamente.

Veja também

+ Toyota Corolla Cross é SUV do Corolla para brigar com Jeep Compass e cia; confira imagens oficias
+ MasterChef estreia sem "supercampeão" e cheio de mudanças
+ Gafanhotos: cidade na Bahia enfrenta invasão de insetos
+ Coronel da PM diz que Bolsonaro é ‘falastrão’ e renuncia à entidade de Oficiais
+ Fundador da Ricardo Eletro e filha são presos em operação contra sonegação
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior