Economia

Conclusão de novos negócios depende do progresso da vacinação, diz Embraer


Embora a Embraer esteja otimista com a retomada do mercado, o presidente da companhia, Francisco Gomes Neto, afirmou nesta sexta-feira que novos contratos dependem da velocidade de vacinação ao redor do mundo.

“Estamos conversando com companhias aéreas, mas a conclusão dos contratos depende do progresso da vacinação nos países”, disse o executivo em teleconferência com analistas.

Ele pontuou que há discussões acerca da família E1 principalmente nos Estados Unidos e da família E2 em outros países.

Mais cedo, em teleconferência com jornalistas, executivos afirmaram que esperam uma retomada do mercado ainda no segundo semestre de 2021, e que a Embraer deve estar preparada para crescer em 2022.


+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ ‘Raça de víboras’: Andressa Urach critica seguidores que não acreditam em sua fé
+ “Fama e dinheiro vem cheio de desgraça”, desabafa Pedro Scooby



Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS