Geral

Conass aponta que represamento de 63 mil casos no RS inflou dados desta sexta


Dados epidemiológicos sobre a covid-19 que estavam represados no Rio Grande do Sul contribuíram para aumentar o número de casos diários da doença reportados nesta sexta-feira, 23, pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

Entre segunda e quinta-feira desta semana, o conselho reportou em média 36,8 mil casos diários. Entretanto, hoje, segundo divulgou o Conass, foram registrados 108.372 casos de covid-19 em 24h, segunda maior marca da pandemia. Destes, 62.891 mil teriam sido registrados pelo Rio Grande do Sul em datas anteriores, grande parte entre janeiro e julho deste ano, mas não haviam sido lançados no sistema. Ao todo, o Estado reportou nesta sexta, entre dados represados e novos, a ocorrência de 64.056 novos casos diários de covid-19 diagnosticados.

Em nota, o governo do Estado do Rio Grande do Sul afirmou que o acúmulo de registros se deve “ao fato de que o processo automatizado do painel da SES exigia que todo caso com resultado positivo tivesse um encerramento por parte dos municípios”. “Contudo, para dar maior transparência e celeridade à real situação epidemiológica, foi definido abolir a necessidade dessa marcação final. Com a alteração da regra que determina a inclusão de novos casos no painel, será possível conhecer, de forma mais oportuna, os casos positivos”, completou.

Veja também
+ Corpo de jovem desaparecido é encontrado em caçamba de lixo
+ Corpo de Gabby Petito é encontrado, diz site; legista afirma que foi homicídio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Vídeo: família é flagrada colocando cabelo na comida para não pagar a conta
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio