Esportes

Comportamento fora do campo faz Botafogo deixar Sassá fora da Libertadores

Artilheiro do Botafogo em 2016, o atacante Sassá foi barrado da lista de inscritos pelo Botafogo na fase preliminar da Libertadores. O clube ainda não revelou os 25 jogadores que participarão do torneio continental, mas o técnico Jair Ventura admitiu nesta terça-feira, um dia após o encerramento do prazo de inscrição, que Sassá não está na lista.

“A gente analisou, são vários critérios. Prefiro falar dos relacionados do que os não relacionados. E os que foram relacionados estão melhores por ‘n’ motivos”, disse Jair, sem detalhar os motivos do corte. “A mesma coisa que os demais ficaram fora, nada específico. São vários critérios, os relacionados estão num melhor momento dos demais. E se der tudo certo, passando de fase, podemos inscrever mais cinco”, lembrou.

Não é segredo para ninguém, porém, que o comportamento extra-campo de Sassá, atacante de 23 anos, tem incomodado muita gente no Botafogo. Nas redes sociais, são regulares as fotos e relatos do jogador curtindo a noite. Além disso, ele se apresentou com atraso para treinar em mais de uma oportunidade neste início de temporada.

O próprio Sassá parece ter gostado de vestir a mascara de ‘bad boy’. Em dezembro, publicou foto nas redes sociais segurando quatro maços recheados de notas de reais, bem ao estilo do boxeador Floyd Mayweather.

Neste início de temporada, ele foi reserva no duelo contra o Madureira, na quarta-feira passada, entrando no segundo tempo. No sábado, começou jogando contra o Nova Iguaçu, não rendeu, e acabou substituído.