ISTOÉ Gente

Como Hollywood, Oscar terá que se reinventar após ano tumultuado

Como Hollywood, Oscar terá que se reinventar após ano tumultuado

Cartaz do Oscar em Los Angeles


Por Jill Serjeant

LOS ANGELES (Reuters) – A maior expectativa a respeito do Oscar de domingo não será quem levará os prêmios principias, nem se a Netflix finalmente conseguirá a cobiçada estatueta de melhor filme, mas como a maior noite do setor cinematográfico se reinventará após um ano tumultuado.

Obrigados a repensar a cerimônia por causa da pandemia, e com uma série de filmes diversificados, mas essencialmente menores, os organizadores estão prometendo um show diferente de tudo que se viu nos 93 anos de história da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos.

Os organizadores foram vagos a respeito da cerimônia, que será realizada pela primeira vez em uma estação de trem do centro de Los Angeles, um edifício Art Déco impactante, com público limitado.

Mas eles dizem que o tom será otimista e que o espetáculo será uma declaração de amor ao combalido setor cinematográfico após um ano de cinemas fechados e atrasos no lançamento de dúzias de grandes sucessos em potencial.

“Estamos aqui para postular por que o cinema importa”, disse Stacey Sher, parte do trio de produtores do Oscar.


+ Mãe conta à polícia que ateou fogo e matou bebê por ‘vergonha’ de ter a gravidez descoberta
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Youtuber é perseguido por jacaré de três metros: veja vídeo



“Mank”, drama da Netflix Inc sobre a Hollywood dos anos 1930, lidera com dez indicações em uma lista de concorrentes a melhor filme que inclui “Os Sete de Chicago”, saga de tribunal dos anos 1960 também da Netflix.

Os outros indicados são o drama sobre a recessão “Nomadland”, o filme de revanche “Bela Vingança”, a história de uma família imigrante de “Minari”, a cinebiografia de um líder dos direitos civis “Judas e o Messias Negro”, o drama sobre demência “O Pai” e a história de um baterista surdo de “O Som do Silêncio”.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3L0XM-BASEIMAGE

Veja também

+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tenha também a Istoé no Google Notícias
+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS