Saúde da mulher

Como cuidar dos seus piercings e ter boa cicatrização

Crédito: Freepik

Os piercings fazem parte de muitos estilos, possuem uma infinidade de modelos e são colocados desde regiões visíveis, como o rosto, as mais escondidas, como a vulva. E assim como tudo o que faz parte do corpo, eles também merecem cuidados específicos para evitar problemas de infecção, queloide e outros. Para a revista “Elle”, o renomado body piercer J. Colby Smith deu algumas dicas de como cuidar adequadamente e ter uma boa cicatrização; veja.

+ Médico ensina truque para usar máscara sem embaçar os óculos


+ Co-wash: técnica abandona o shampoo e promete cabelos mais sedosos

Alimentação

A alimentação é uma grande aliada de quem quer colocar ou já tem piercings. Manter o corpo hidratado com o consumo regular de água e fazer uma dieta saudável é muito importante antes e após o procedimento. 

Higiene

Sempre que for mexer no piercing, se certifique de higienizar as mãos para evitar bactérias no local. 

Manter o piercing limpo ameniza as chances de infecção e queloide. Para isso, Smith dispensa o uso de álcool. “Essa substância seca a joia e a pele, fazendo rachar e sangrar, contribuindo para que a ferida permaneça aberta. Prefiro usar sabonetes à base de óleo vegetal (glicerina é uma boa opção), pois eles limpam a ferida sem agredir e ainda fornecem óleos para suavizar o tecido em cicatrização”, explica.

Para realizar a higiene do local, o body piercer indica a lavagem com água morna e sabonete duas vezes ao dia. Em caso de inchaço, vale usar gelo no local.

Traumas

Smith indica evitar traumas adicionais na área. “A maioria das irritações ocorre ao bater, mexer (essencialmente quando a pele está seca) ou dormir fazendo pressão no piercing recente”.

Paciência

Ter paciência é a chave de sucesso para ter piercings saudáveis. Além de manter os cuidados listados anteriormente, é preciso respeitar o tempo de cicatrização do corpo.

“Os lóbulos das orelhas geralmente levam cerca de dois a três meses para cicatrizar, enquanto a cartilagem leva de três a dez meses. Quando parar de doer, acabar o inchaço e secreção e desaparecer a  vermelhidão no local é porque está curada. É necessário ter paciência, afinal, o trabalho do corpo é se livrar de objetos estranhos, então você deve cuidar dele para o manter saudável”, explica.

Ter consciência de como o piercing recém-colocado age no corpo também é essencial. O especialista garante que sintomas como inchaço, vermelhidão, sensação de quente no local e secreção são normais, e nove em cada dez pessoas esses são apensas sinais de irritação, não infecção.

“Nunca entre em pânico, pois na pior das hipóteses, apenas removemos as joias. Não pergunte a seus amigos, nem pesquise online ou vá ao médico. Seu body piercer profissional e de confiança deve ser sua primeira parada em caso de preocupação, ninguém mais”, finaliza J. Colby Smith.