Agronegócio

Commodities/China: importação de milho sextuplica em março na comparação anual


São Paulo, 20 – As importações chinesas de milho somaram 1,93 milhão de toneladas em março deste ano, de acordo com dados divulgados pela Administração Geral de Alfândegas da China (Gacc, na sigla em inglês). O volume é mais do que o sêxtuplo do importado em igual período do ano passado. O valor desembolsado com a importação do cereal em março foi de US$ 495,49 milhões. No primeiro trimestre, as importações somaram 6,73 milhões de toneladas, mais de cinco vezes o importado em igual período do ano passado.

De trigo, os chineses importaram 440 mil toneladas em março, queda de 24,3% na comparação anual, pelo valor de US$ 136,12 milhões (-20,6%). Entre janeiro e março, as importações aumentaram 131,2%, para 2,92 milhões de toneladas.

A China importou 7,77 milhões de toneladas de soja em março deste ano. O volume representa aumento de 81,6% ante igual mês do ano passado. Em termos de valores, as importações de soja no mês passado totalizaram US$ 3,926 bilhões (+128%). No primeiro trimestre, as importações de soja somaram 21,18 milhões de toneladas, aumento de 19% ante igual período de 2020.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Deputado dos EUA sugere mudar órbita da Lua para combater aquecimento
+ Ex-parceiro de Cristiano Araújo é encontrado morto
+ Policial militar mata a tiros quatro pessoas em pizzaria de Porto Alegre
+ Sérgio Mallandro diz que atrapalhou sexo de Xuxa com Ayrton Senna
+ Mano Brown se irrita com possível acerto do Santos com volante do Corinthians: ‘Tá tirando’
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago