Esportes

Comitê italiano veta liberar estádios com 25% de público

ROMA, 26 SET (ANSA) – O Comitê Técnico-Científico (CTS) do governo da Itália, grupo criado para orientar e definir linhas técnicas no combate à pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), vetou a liberação para que os estádios do país recebam público em até 25% da sua capacidade.   

Segundo uma nota oficial, “não existem no momento condições” para permitir a ampliação do público tanto em eventos em espaços abertos ou fechados. O comunicado foi divulgado após uma reunião do CTS que analisou uma proposta enviada pelo Ministério da Saúde criada em parceria com a Conferência das Regiões e das Províncias Autônomas.   

Por isso, a recomendação é manter o limite atual de mil pessoas para áreas abertas e de 200 para locais fechados seguindo as regras vigentes “de reserva e marcação antecipada de assentos, o rigoroso respeito às medidas de distanciamento físico de ao menos um metro, a higienização das mãos e o uso de máscaras”.   

Segundo os especialistas, a Itália ainda vive “a máxima expressão crítica de transmissibilidade do vírus, também levando em consideração a recente retomada do ano letivo, o qual o impacto sobre a curva epidêmica deverá ser objeto de análise em breve”.   

“Assim, o CTS recomenda que, com base nos atuais índices epidemiológicos e em coerência com o que foi recomendado mais de uma vez, não existem – no momento – as condições para permitir que nos eventos abertos e fechados, a participação dos espectadores nas modalidades indicadas pelo documento da Conferência das Regiões e Províncias Autônomas”, pontua o texto.   

O grupo esclareceu que deve retomar a análise sobre o aumento da capacidade dos estádios na metade do mês de outubro.   

A Itália vem registrando uma alta gradativa nos casos de Covid-19 por todo o país desde a reabertura total dos serviços e da indústria. Apesar de ter números ainda baixos na comparação com os vizinhos europeus, as contaminações diárias estão nos níveis do mês de maio – quando o país deixou o lockdown. (ANSA).   

Veja também

+ Confira 4 dicas para descobrir se o mel é falsificado

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Telefone de jornalista argentino roubado ao vivo em Buenos Aires

+ Márcia Bonde divulga vídeo e deixa fãs sem fôlego

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar