Economia

Comitê diretor do FMI pede vigilância sobre inflação em esboço de comunicado


WASHINGTON (Reuters) – O comitê diretor do Fundo Monetário Internacional vai pedir nesta quinta-feira maior monitoramento da dinâmica da inflação e que as autoridades estejam preparadas para adotar “ações defensivas para manter a estabilidade de preços”, segundo esboço de comunicado visto pela Reuters.

O comunicado, a ser divulgado pelo Comitê Financeiro e Monetário Internacional do Fundo, destaca as preocupações significativamente elevadas nas reuniões anuais do FMI e do Banco Mundial esta semana de que os saltos da inflação podem ser mais duradouros.

“Ainda se considera que o atual salto na inflação deve-se a esses fatores temporários, mas agora parece menos transitória do que esperado antes, e riscos de alta ao cenário inflacionário no curto prazo estão aumentando em uma série de países”, disse o comitê, formado por 24 membros.

(Reportagem de David Lawder e Jan Strupczewski)

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio