Economia

Comissão Europeia avança para disponibilizar € 11,5 bi para recuperação da crise


A Comissão Europeia aprovou nesta quarta-feira, 3, modificações em seu orçamento para 2020 para disponibilizar 11,5 bilhões de euros para a recuperação econômica já em 2020. “Uma vez disponíveis, os fundos irão ajudar as regiões em mais necessidade, apoiar as empresas e aqueles em necessidade fora das fronteiras da UE”, diz a nota da União Europeia.

Comissário da UE encarregado do Orçamento, Johannes Hahn enfatizou a necessidade de que o dinheiro chegue logo às empresas e às pessoas, ainda neste ano.

A proposta é um desenrolar técnico do plano de recuperação colocado em prática na semana passada pela Comissão Europeia, segundo o comunicado, o qual recorda que as medidas precisarão da aprovação de todos os países-membros da UE.

Para lidar com o período até a ratificação do estímulo já anunciado (de 750 bilhões de euros), a Comissão Europeia propôs na semana passada ajustar o atual orçamento de longo prazo entre 2014 e 2020, a fim de permitir mais gastos ainda no ano atual, diante da crise causada pela pandemia de coronavírus.

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio