Mundo

Comissão de debates nos EUA diz que tomará medidas para ‘manter a ordem’ nos próximos encontros

Comissão de debates nos EUA diz que tomará medidas para ‘manter a ordem’ nos próximos encontros

O primeiro debate presidencial deixou muitas pessoas decepcionadas, algumas descrevendo como o pior debate que já existiu - POOL/AFP

A comissão que regulamenta os debates presidenciais nos Estados Unidos anunciou, nesta quarta-feira (30), que tomará medidas para garantir uma discussão mais “ordenada” nos próximos encontros entre o presidente, Donald Trump, e seu adversário democrata, Joe Biden, após o caótico debate de terça-feira em Cleveland.

“O debate de ontem evidenciou que é preciso mais estrutura no formato dos debates restantes para garantir uma discussão mais ordenada dos temas”, indicou em um comunicado o órgão independente.

A comissão disse que anunciará em breve medidas adicionais para “manter a ordem” nos próximos debates.

Na próxima semana, os companheiros de chapa dos candidatos – o vice-presidente Mike Pence e a senadora democrata Kamala Harris – debaterão em Salt Lake City.

Trump e Biden voltarão a debater em 15 e 22 de outubro, em Miami e Nashville (Tennessee), respectivamente.

Veja também

+ Confira 4 dicas para descobrir se o mel é falsificado

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ App permite testar melhor design de sobrancelhas para você

+ Microsoft Edge recebe nova funcionalidade para aumentar velocidade de carregamento

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar