ISTOÉ Gente

Na GloboNews, Sardenberg e Guga Chacra batem boca ao vivo: ‘Não precisa me dar lição’

Na GloboNews, Sardenberg e Guga Chacra batem boca ao vivo: ‘Não precisa me dar lição’

Comentarista da GloboNews batem boca ao vivo: ‘Não precisa me dar lição’


Os comentaristas da GloboNews Guga Chacra e Carlos Alberto Sardenberg discutiram sobre a invasão da Ucrânia pela Rússia e trocaram farpas ao vivo.

“Por mais que o ideal seria que a Ucrânia pudesse ser da União Europeia, da Otan, e ser uma democracia liberal, o que não é, ela vai provocar a Rússia, e aí a gente ver o resultado, porque o mundo não é tão justo, pessoas más têm muito poder”, disse Guga Chacra.

Carlos Alberto Sardenberg, então, questionou: “Quer dizer que você acha que a Rússia está certa de invadir? Estava sendo ameaçada e que o Zelensky que tem que abandonar o governo?”.

“Não, eu não falei isso em momento nenhum”, rebateu Guga. “Entendo esse negócio de teoria realista, não precisa me dar lição disso. A questão é a seguinte: Os países independentes democraticamente decidem ir para a União Europeia ou para a Otan. É decisão deles, é legal, é legítimo. Quem está errado nessa história é a Rússia. Ninguém estava pensando em invadir a Rússia, entre outras coisas, porque ninguém é louco. Não tem aqui no Ocidente um louco que nem lá na Rússia. Agora o que o Ocidente quer e está fazendo, é impedir que a Rússia invada os outros, como Finlândia, Geórgia, Moldávia”, completou Sardenberg.

“Eu falo o tempo todo aqui nesse programa que o Putin é um ditador sanguinário, que é um absurdo a invasão da Ucrânia. O que estou querendo explicar é que ele não vai aceitar isso, então, vai haver uma reação. Lembrando que há outros países que invadem países soberanos. Os EUA invadiram o Iraque e derrubaram o regime da Líbia. Dito isso, é absurdo o que o Putin está fazendo. Por favor, em nenhum momento me associe a qualquer forma de defesa dessa invasão sanguinária da Rússia contra a Ucrânia. [Ademais] expliquei a teoria realista das relações internacionais não para você, mas para a nossa audiência”, explicou Guga Chacra.