Esportes

Comentarista de arbitragem aponta pênalti em Gabigol: ‘Claro e óbvio’

Atacante caiu na área após choque com zagueiro, mas o árbitro sequer foi ao monitor

Comentarista de arbitragem aponta pênalti em Gabigol: ‘Claro e óbvio’

Mais uma polêmica de arbitragem marcou uma partida de futebol no Brasil. Desta vez, o caso ocorreu na partida entre Ceará e Flamengo, neste sábado, em Fortaleza. Gabigol caiu na área após choque com adversário e o árbitro não checou o lance no monitor do VAR. Para Renata Ruel, comentarista da ESPN, o pênalti deveria ser assinalado.


+ Ao L!, Téo José comenta Libertadores fora do SBT: ‘Nunca uma emissora fez o que a gente fez’

– Foi falta e deveria ter sido marcado pênalti. É um erro claro e óbvio. Ele pega o tornozelo do Gabigol, atinge sim o atacante. Não foi uma entrada forte, temerária, para cartão amarelo, mas tem o toque. Desiquilibra, o jogador estava em movimento – disse Renata Ruel, que falou sobre a ausência do árbitro de vídeo no lance.

+ Scooby, DG e PA curtem balada juntos e surfista se declara para os amigos

– Normalmente tem aquela conversa na cabine entre os árbitros e eles falam diretamente com o juiz de campo. Para mim, teve o erro claro e óbvio. Eles deveriam ter visto o toque no Gabigol e sugerido ao árbitro para a revisão do lance no monitor. Seria ótimo disponibilizar o áudio da conversa na cabine – complementou a comentarista de arbitragem.

+ Amazon contrata ex-Globo: veja as movimentações da imprensa esportiva em 2022

No momento do lance, o Flamengo vencia a partida por 2 a 1. O Rubro-Negro segurou a vantagem até os 45 minutos do segundo tempo, quando levou empate após cobrança de falta de Nino Paraíba. A equipe de Paulo Sousa ocupa apenas a 14ª posição do Campeonato Brasileiro, com seis pontos.