Brasil

Começa o depoimento de Airton Soligo, conhecido como ‘Cascavel’, na CPI da Covid


A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid ouve nesta quinta-feira (5) o ex-assessor especial do Ministério da Saúde Airton Antônio Soligo, conhecido como “Airton Cascavel”. Atuante durante a gestão do ex-ministro Eduardo Pazuello, o ex-assessor deve responder a questões referentes à gestão do ministério durante o período mais grave da pandemia no Brasil.

De acordo com requerimento feito pelo vice-presidente do colegiado, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), um dos motivos da convocação de Soligo é que gestores estaduais e municipais o consideravam o “ministro de fato” – quem resolvia muitas das questões burocráticas e logísticas do Ministério da Saúde.

Soligo comparece à CPI com habeas corpus concedido pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, que lhe concede o direito de permanecer em silêncio a perguntas que possam, por qualquer forma, incriminá-lo.

Veja também
+Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, revela que fez cirurgia na vagina
+ Vídeos mostram pessoas preparando saladas com Cheetos no TikTok
+ Mulher e filho de Schumacher falam sobre saúde do ex-piloto
+ Carvão “gourmet” que não suja as mãos vira meme nas rede sociais; ouça
+ Mãe encontra filho de 2 anos morto com bilhete ao lado ao chegar em casa
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago