Esportes

Com um a menos, Operário-PR quebra invencibilidade do Coritiba e sobe na Série B


Com um jogador a menos nos minutos finais da partida, o Operário-PR conseguiu segurar o Coritiba e venceu por 1 a 0, neste domingo, no estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR), pela 14.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. De quebra, encostou no G-4.

A vitória deixou o Operário-PR com 21 pontos e quebrou uma sequência de duas derrotas seguidas. O Coritiba, por outro lado, voltou a perder após 10 rodadas e ficou com 25 pontos, cinco atrás do líder Náutico.

Jogando em casa, o Operário-PR controlou o primeiro tempo, ficou com a bola no campo adversário, mas as chances foram poucas. A primeira em um chute de longe de Leandro Vilela; o goleiro Wilson fez a defesa. O Coritiba demorou, mas chegou em uma cabeça de Waguininho, já aos 30 minutos, nas mãos de Simão.

O duelo era equilibrado até que Ricardo Bueno, ex-Palmeiras, apareceu para abrir o marcador. Aos 35 minutos, Fábio Alemão deu belo cruzamento para o atacante, que, entre os zagueiros, só escorou para o fundo das redes. Em vantagem, o time de Ponta Grossa se fechou e não correu qualquer risco de levar o empate na etapa inicial.

No segundo tempo, o técnico Gustavo Morínigo colocou o Coritiba para frente e optou pela experiência de Robinho para tentar buscar o empate, mas o panorama continuou igual, com muitos erros e pouca criatividade de ambos os lados. O Operário-PR, no entanto, começou a gostar do jogo, já que o rival da capital paranaense não conseguia criar.

O domínio era do Operário-PR até que Leandro Vilela, aos 27 minutos, colocou tudo a perder. Por toque de mão, ele recebeu o segundo cartão amarelo e acabou expulso. Com um homem a mais, o Coritiba partiu para o ataque e viu Robinho fazer o pivô e ajeitou para Val mandar rente à trave.

O jogo virou ataque contra defesa. O Coritiba se atirou ao ataque, mas parou na defesa bem postada do Operário, que não deixou o rival criar, com exceção de uma tentativa de Léo Gamalho – para fora -, para selar a vitória.

Na próxima rodada, o Operário-PR enfrenta o Goiás, na sexta-feira, às 19 horas, no estádio da Serrinha, em Goiânia. No mesmo dia, às 20 horas, o Coritiba recebe o Náutico, no estádio Couto Pereira, em Curitiba.

FICHA TÉCNICA

OPERÁRIO-PR 1 x 0 CORITIBA

OPERÁRIO-PR – Simão; Alex Silva, Fábio Alemão, Reniê e Fabiano; Leandro Vilela, Leandrinho (Marcelo Santos) e Rafael Chorão (Rodolfo Filemon); Felipe Garcia (Thomaz), Ricardo Bueno (Jean Carlo) e Djalma Silva. Técnico: Matheus Costa.

CORITIBA – Wilson; Val, Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro; Jhony Douglas (William Alves), Matheus Sales (Robinho), Rafinha (João Vitor) e Valdeci (Igor Paixão); Léo Gamalho e Waguininho (Biel). Técnico: Gustavo Morínigo.

GOL – Ricardo Bueno, aos 35 minutos do primeiro tempo.



CARTÃO AMARELO – Matheus Sales (Coritiba).

CARTÃO VERMELHO – Leandro Vilela (Operário-PR).

ÁRBITRO – Ricardo Marques Ribeiro (MG).

RENDA E PÚBLICO – Jogo com portões fechados.

LOCAL – Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR).

Veja também
+Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, revela que fez cirurgia na vagina
+ Vídeos mostram pessoas preparando saladas com Cheetos no TikTok
+ Mulher e filho de Schumacher falam sobre saúde do ex-piloto
+ Carvão “gourmet” que não suja as mãos vira meme nas rede sociais; ouça
+ Mãe encontra filho de 2 anos morto com bilhete ao lado ao chegar em casa
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago