Esportes

Com time reserva, Inter abre vantagem contra o Atlético-GO na Copa do Brasil

Com gols de Fernández e Moisés, o Colorado ficou mais perto das quartas de final do torneio nacional

Com time reserva, Inter abre vantagem contra o Atlético-GO na Copa do Brasil

No Olímpico, o time reserva do Internacional não tomou conhecimento do Atlético-GO e venceu por 2 a 1. Agora, o Colorado joga pelo empate. Já o Dragão precisa vencer por dois gols. Caso devolva o placar, a vaga das quartas de final será definida nos pênaltis.

O jogo da volta acontece no dia 3 de novembro, a partir das 21h30 (Horário de Brasília), no Beira-Rio.

O confronto

O Internacional começou o jogo intenso. Mesmo sem as principais peças, o time de Eduardo Coudet impôs um ritmo forte e deu trabalho ao Atlético-GO. Na melhor oportunidade, Pottker cabeceou rente ao poste.

De tanto insistir, o Colorado chegou ao gol. Marcos Guilherme cruzou na medida e Leandro Fernández estufou as redes do Dragão, 1 a 0.

Aos 23 minutos um lance inacreditável. Janderson invadiu a grande área, driblou Lomba e caiu no chão. O árbitro deu pênalti, mas o VAR entrou em ação e apontou que o atacante simulou, feito que fez a penalidade ser cancelada.

Na etapa final o Atlético-GO se lançou um pouco mais ao ataque e, quando parecia que poderia incomodar o Inter, levou o segundo. Na jogada trabalhada, Moisés saiu na cara do gol e bateu cruzado. A bola pegou na trave e morreu no gol, 2 a 0.

Com a vantagem construída, o Internacional administrava o duelo e quase aumentou com Edenílson. O volante recebeu na grande área e bateu forte. Bem colocado, Jean defendeu.

Nos minutos finais o Atlético-GO conseguiu descontar. Após disputa com Abél Hernández, Rato caiu na área e o juiz deu pênalti. Na cobrança, o goleiro Jean descontou para o Dragão, 2 a 1.

ATLÉTICO-GO 1 x 2 INTERNACIONAL
Local: Olímpico, Goiânia (GO)
Data-Hora: 28/10/2020 – 19h
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Auxiliares: Michael Correia (RJ) e Luiz Cláudio Regazone (RJ)
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)
Público/renda: pagantes/R$
Cartões amarelos: João Victor, Janderson (ATL), Moisés, Patrick (INT)
Cartões vermelhos: –
Gols: Leandro Fernández (12’/1ºT) Moisés (15’/2ºT) Jean (46’/2ºT)

ATLÉTICO-GO: Jean; Luan (Gilvan, aos 38/2ºT), João Victor, Éder e Nicolas; Baralhas, Willian Maranhão (Wellington Rato, aos 20/2ºT) e Matheus Vargas (Oliveira, aos 37/2ºT); Chico, Janderson (Matheuzinho, aos 29/2ºT) e Hyuri (Junior Brandão, aos 20/2ºT). Técnico: Eduardo Souza.
INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Rodinei, Pedro Henrique, Cuesta e Moisés; Musto, Nonato (Peglow, aos 40/2ºT), Praxedes (Edenilson, aos 12/2ºT) e Marcos Guilherme (Patrick, aos 12/2ºT); Pottker (D’Alessandro, aos 24/2ºT) e Leandro Fernández (Abel Hernández, aos 24/2ºT). Técnico: Eduardo Coudet.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel