A falta de equilíbrio entre o ataque e a defesa pode custar um rebaixamento ao Santos no Brasileirão. Embora o cenário não seja o mais provável, a possibilidade existe. Com saldo negativo de 24 gols, o time comandado por Marcelo Fernandes é ameaçado por duas conjunturas que têm a queda para a Série B como desfecho. O descenso pelo saldo virá caso o time santista seja derrotado pelo Fortaleza e veja a seguinte combinação: um empate do Vaco com o Red Bull Bragantino somado a uma vitória do Bahia sobre o Atlético-MG. Em caso de empate com o time cearense, precisa torcer para que os dois rivais não vençam suas partidas, pois o Vasco conseguiria a ultrapassagem em pontos e o Bahia por número de vitórias.

O Santos é o 15º colocado, com 43 pontos, contra 42 do Vasco, 16º, e 41 do Bahia, primeiro time dentro da zona de rebaixamento, em 17º. As demais quedas já foram definidas, com Goiás, Coritiba e América-MG já rebaixados. O saldo dos vascaínos é de -11, diferença de 13 em relação aos santistas, e o do time baiano é de -6, 18 de vantagem sobre o time do litoral paulista.

A equipe da Vila Belmiro tem a terceira pior defesa do campeonato, com 62 gols sofridos, melhor apenas que Coritiba (71) e América-MG (80). O ataque de apenas 38 gols, quarto pior, completa a conta para somar o -24 de saldo. O 7 a 1 sofrido diante do Internacional, no final de outubro, certamente é um dos pontos cruciais do péssimo saldo, mas há outros resultados determinantes, como as duas últimas partidas, nas quais o time foi derrotada por 3 a 0 tanto pelo Fluminense quanto pelo Athletico-PR.

“Tivemos muitas decisões ao longo dessa caminhada, infelizmente não ganhamos algumas que eram vitais para chegar neste momento mais tranquilo”, afirmou o zagueiro João Basso sobre os tropeços santistas, depois da derrota para o Fluminense. “Eu poderia dizer que o ideal é esquecer todo o resto e focar no nosso trabalho, mas acaba sendo difícil, a gente vê os outros resultados, as outras equipes, e acaba se preocupando, porque isso também pode definir nosso futuro. Mas a gente depende só da gente, do nosso grupo, vamos focar no Fortaleza e fazer nossa parte”, completou.

A decisão para evitar um rebaixamento inédito na história do Santos será na Vila Belmiro, às 21h30, assim como os demais jogos da última rodada do Brasileirão, com exceção de Goiás x América-MG, que jogam às 19 horas.

Assine nossa newsletter:

Inscreva-se nas nossas newsletters e receba as principais notícias do dia em seu e-mail

Siga a IstoÉ no Google News e receba alertas sobre as principais notícias