Esportes

Com reservas, Grêmio reencontra Athletico-PR e busca fim de jejum no Brasileirão

O Grêmio reencontra seu adversário nas semifinais da Copa do Brasil, o Athletico-PR, neste sábado, às 17h, na sua arena em Porto Alegre, desta vez em partida válida pela 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mais uma vez com uma equipe reserva na competição, o time gaúcho vai tentar encerrar um jejum de cinco jogos sem vitória contra um adversário que possui proposta de jogo e estratégias muito semelhantes.

Uma dessas similaridades entre os dois times reside na ideia de poupar jogadores na disputa por pontos corridos antes de partidas de mata-mata. Tal opção, no entanto, não tem se mostrado das mais felizes, uma vez que as duas equipes ainda não conseguiram deslanchar no Brasileirão e veem outros times se descolarem na briga pelo título ou por uma vaga na Libertadores de 2020. O Grêmio é apenas o 13.º na tabela, com 18 pontos, enquanto o Athletico figura na oitava colocação, com 22 pontos.

São também duas equipes que apostam fortemente na aproximação ao campo de ataque através da manutenção da posse de bola e do controle no ritmo das partidas. No duelo de 14 de agosto, pela ida das semifinais da Copa do Brasil, deu Grêmio. Triunfo por 2 a 0 dos gaúchos em casa, o que lhes deu uma vantagem de poder perder por até um gol de diferença na volta, marcada para 4 de setembro em Curitiba, para chegar à decisão do torneio.

Como resultado dessa medição de forças no quesito proposta de jogo, mesmo vencendo, o time de Renato Gaúcho terminou a partida sem registrar maior posse de bola – 51% para os paranaenses e 49% para o Grêmio – , algo raro nos últimos tempos, mas que denota a equiparação dos dois times no desejo pela manutenção da pelota.

A ótima atuação no duelo entre os dois times pelo mata-mata nacional serve de inspiração para os comandados de Renato Gaúcho. Para o atacante Pepê, a semelhança entre as duas equipes é promessa de um grande espetáculo neste sábado, mesmo com o Grêmio poupando seus principais nomes para o duelo de volta das quartas de final da Copa Libertadores diante do Palmeiras, marcado para a próxima terça-feira em São Paulo.

“O Athletico tem um estilo de jogo muito parecido com o do Grêmio, de posse de bola. O treinador deles (Tiago Nunes) orienta seus jogadores a atuar dessa forma, e acho que será um jogo muito difícil”, prevê o jovem da base, um dos principais responsáveis pela verticalização do jogo gremista durante as partidas.

Pepê é um dos relacionados para o confronto do Brasileirão em uma lista que só contou com três titulares: O lateral-direito Leonardo, o meia Matheus Henrique e o atacante Alisson. Todos devem ficar no banco de reservas.

A principal ausência sentida é a do atacante Everton, que após participar de todas as 12 partidas do time realizadas depois da paralisação para a Copa América, será preservado e não ficará nem entre os suplentes.

Peça que passou a condição de titular, devido à possível ausência de Cortez – lesionado no quadril – nos próximos jogos, o lateral-esquerdo Juninho Capixaba é a única dúvida para o jogo. É que Renato Gaúcho ainda não definiu se usará o especialista na posição ou se optará por improvisar o volante Darlan no setor.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO – Julio César; Galhardo, Paulo Miranda, David Braz e Juninho Capixaba (Darlan); Rômulo, Thaciano, Luciano, Luan e Pepê; Diego Tardelli. Técnico: Renato Gaúcho.