Esportes

Com pênalti duvidoso, Brasil vence Itália e avança na Copa

SÃO PAULO, 18 JUN (ANSA) – Com um gol marcado após um pênalti duvidoso, o Brasil derrotou a Itália por 1 a 0, se classificou para as oitavas de final de Copa do Mundo e, de quebra, viu a craque Marta se tornar a maior artilheira na história do torneio.   

Após um primeiro tempo intenso e com chances de gol para os dois lados, o Brasil dominou a Azzurra na segunda etapa e chegou à rede aos 26 minutos, quando Linari dividiu ombro a ombro com Debinha, e a árbitra marcou pênalti.   

Na cobrança, Marta deslocou a goleira Giuliani e marcou seu 17º gol na história das Copas, recorde tanto entre os homens quanto entre as mulheres. O grupo C terminou com Itália, Austrália e Brasil empatadas com seis pontos, mas com a Azzurra na liderança pelo saldo de gols.   

A Austrália, por sua vez, garantiu a segunda posição pelo critério de gols marcados (sete, contra seis do Brasil), e enfrentará a Noruega nas oitavas. O Brasil, em terceiro lugar, pegará a anfitriã França ou a bicampeã mundial Alemanha.   

Já para a Itália, a classificação, apesar da derrota, é o coroamento de uma primeira fase surpreendente. A Azzurra não disputava a Copa desde 1999 e era vista como “azarona” perante as tradicionais Austrália e Brasil, mas conseguiu passar como líder do grupo C.   

Logo após garantir a vaga no Mundial, em junho do ano passado, a técnica da Itália, Milena Bertolini, dissera que seu sonho era apenas “passar da primeira fase”. Nas oitavas de final, na próxima terça-feira (25), a Azzurra deve encarar Nigéria, China ou Chile. (ANSA)