Esportes

Com pé no freio, São Paulo roda elenco contra o Mirassol de olho em nova maratona


Com a classificação para as quartas de final do Campeonato Paulista garantida e a liderança isolada no Grupo E da Copa Libertadores assegurada, o técnico Hernán Crespo vai rodar o time. Para a partida no estádio José Maria de Campos Maia, às 16 horas deste domingo, o São Paulo terá uma escalação alternativa diante do Mirassol. Com titulares importantes no departamento médico, o desafio do elenco é manter o bom rendimento que o time do Morumbi vem apresentando até aqui.

Dono da melhor campanha desta fase, Crespo sabe que alguns jogadores estão começando a beirar o limite físico. Daniel Alves e Luciano sofreram estiramento na coxa contra o Racing. O atacante Eder é outro que engrossa a lista de atletas machucados.

Outro ponto considerado pelo treinador para optar pelo time alternativo é a nova maratona que está prevista no caso de o clube avançar até a decisão do Estadual. Na hipótese de brigar pelo título que não é conquistado desde 2005, o São Paulo jogará seis vezes entre os dias 12 e 23 de maio.

Apesar do bom momento tanto no Estadual, como na Libertadores, Hernán Crespo entende que o time ainda precisa evoluir para alcançar objetivos maiores. “Devemos melhorar em muitos aspectos. Estamos no começo da temporada, fazemos muitos jogos, acredito que temos muita margem para melhorar. Continuamos acreditando que o São Paulo pode fazer uma grande Libertadores e um grande Paulistão”, concluiu o técnico em declaração ao site oficial do clube.

Também classificado para as quartas de final, o Mirassol espera, contra o São Paulo, recuperar a confiança do grupo para a fase de mata-matas. Após os dois tropeços seguidos, Eduardo Baptista quer voltar a vencer para deixar o time ajustado.

“Sabemos do nosso trabalho e da condição dos nossos atletas e a seriedade continua”, afirmou o treinador. A equipe do interior lidera o Grupo D com 17 pontos, e pode ser alcançada na pontuação pelo Guarani, que tem 14. Para passar como o primeiro da chave, o Mirassol precisa, ao menos, empatar em casa.

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

Por isso, o treinador cogita deixar de fora alguns jogadores neste domingo. “Na verdade o nosso elenco é pequeno. Quem não entrar vai ficar no banco para alguma eventualidade durante o jogo. O grupo todo está focado na competição e pronto para jogar”, explicou. Ele já poupou alguns jogadores na derrota por 2 a 1 para o Santo André, quinta-feira à noite no Canindé.

Na lateral direita, por exemplo, Samuel Santos iniciou o jogo, mas depois entrou o titular Daniel Borges. Outros jogadores nem entraram em campo como o zagueiro Danilo Boza, o meio-campo Neto Moura e o atacante Fabrício. Eles podem voltar.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago