Esportes

Com pandemia, cobiça por Everton diminui e atacante deve ficar no Grêmio

Referência da equipe, Cebolinha viu o interesse do futebol europeu reduzir nas últimas semanas

Com pandemia, cobiça por Everton diminui e atacante deve ficar no Grêmio

Principal nome do elenco do Grêmio, Everton Cebolinha viu as especulações em torno do seu futuro diminuírem durante a quarentena. Se antes a Europa era um destino quase certo, atualmente o cenário é bem diferente.

Assim que o futebol foi paralisado no país, um interesse do Napoli teria chegado ao Grêmio e levantou a preocupação na torcida em relação a possível perda, mas a negociação não avançou e o Tricolor garante que não recebeu nenhuma proposta oficial.

Nesta semana, o Al Duhail, do Catar, clube que negocia a contratação de Dudu, do Palmeiras, também buscou o astro do Tricolor. A informação foi divulgada pelo Globo Esporte e confirmada pela reportagem do FL/LANCE!.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

Apesar dos milhões que poderia receber no Oriente Médio, Everton não se animou. O jogador prefere continuar no Tricolor, pois acredita que pode ‘sumir’ dos olhos de Tite numa liga sem muito glamour. Além disso, ele ficaria fora de cogitação para atuar na Europa, que é o seu grande desejo.

Fato é que o contrato de Everton com o Tricolor vai até dezembro de 2023 e a diretoria pretende arrecadar muito dinheiro com o atleta em uma negociação. De acordo com o site Transfermarket, o valor de mercado está na casa dos 28 milhões de euros (R$ 167 milhões).

Veja também

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Jack Daniel’s com maçã começa a ser vendido no Brasil

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?