Esportes

Com incentivo salarial, Vasco encara Goiás na Copa do Brasil

O elenco do Vasco ganhou um incentivo a mais antes do confronto diante do Goiás nesta quinta-feira, às 21h30, no estádio São Januário, no Rio de Janeiro, pela terceira fase da do Brasil. A diretoria carioca pegou R$ 2,8 milhões das premiações de fases anteriores do próprio torneio nacional para pagar os salários de dezembro.

Veja também

+ Estudo de DNA revela novos segredos dos Manuscritos do Mar Morto
+ Aves mudam comportamento durante quarentena na Nova Zelândia
+ SUV cupê? Conheça a verdadeira “origem” do VW Nivus e outros modelos
+ Veja como é a esteira de R$ 44 mil que o governo pretende comprar
+ Assista: dois grandes tubarões rondam surfistas e piloto de drone evacua line up
+ VW Nivus: confira a galeria completa de fotos
+ Cadillac Escalade ESV de Tom Brady está à venda

A situação, porém, está longe do ideal. Os atrasos ainda envolvem a segunda parcela do 13º, férias e os salários de janeiro e fevereiro de 2020. Além de cinco meses de direitos de imagem.

Até mesmo por isso, o jogo ganha importância, uma vez que a vaga na quarta fase valerá R$ 2 milhões. Nessa etapa, a Copa do Brasil é disputada em jogos de ida e volta. Caso ocorra empate em pontos e saldo de gols, a vaga vai ser definida nos pênaltis. O jogo de volta vai acontecer na próxima semana, em Goiânia.

Após ter sido poupado no Campeonato Carioca por causa de dores musculares, o colombiano Guarín foi confirmado. Ele, porém, terá que jogar com a mão enfaixada após ter fraturado o dedo mínimo contra o ABC. Já o argentino Martín Benítez treina há duas semanas com o elenco, mas não vai estrear. Ele se recupera de uma lesão muscular.

“Temos que melhorar em muitos aspectos. Fizemos um jogo razoável na Copa do Brasil contra o ABC, teremos outro agora. (…) O time não está apresentando aquilo que pode e deve. É a grande verdade. Estamos muito abaixo”, ponderou Abel Braga, técnico do Vasco e muito visado pela torcida pelo pobre futebol mostrado pelo time nesta temporada.

Pelos lados do Goiás, o técnico Ney Franco poderá contar com o goleiro Tadeu que vive drama familiar por conta da internação da sua filha. O time goiano, aliás, não terá problemas.

“O Tadeu vai viajar. A tendência é que seja a mesma equipe que enfrentou o Santo André. É um confronto de duas equipes em condições de passar para a próxima fase. (…) É um elenco de qualidade e um técnico experiente (Abel Braga)”, revelou o técnico Ney Franco antes do embarque para o Rio de Janeiro.