Esportes

Com incentivo à prática de esportes, Magé se notabiliza como ‘capital nacional’ do Karatê; confira

Município da Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, Magé sediou diversos campeonatos de Karatê nos últimos tempos; confira todos os detalhes:

Com incentivo à prática de esportes, Magé se notabiliza como ‘capital nacional’ do Karatê; confira

Município da Baixada Fluminense, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, Magé vem se destacando cada vez mais pelo incentivo à prática de esportes e atividades físicas. A prefeitura, em conjunto com a Secretaria de Esporte, Turismo, Lazer e Terceira Idade, organizou e sediou, só nos últimos dois anos, oito torneios oficiais de Karatê, esporte conhecido por ter como um dos principais lemas a disciplina e o respeito ao próximo. Só não houve mais eventos porque a pandemia da Covid-19 parou o cronograma municipal.

– O esporte não é só uma ferramenta de desenvolvimento físico e motor de crianças e jovens. É muito mais do que isso. Ajuda na educação e no desenvolvimento social das nossas próximas gerações. Por isso, decidimos investir pesado no esporte – explicou o prefeito Rafael Tubarão, destacando que o karatê oferece, ainda, a doutrina de lema e disciplina.

Com o objetivo de evoluir de forma constante os princípios das artes marciais no município, Magé recebeu a terceira edição da Copa F. Martins de Karatê, evento que contou com 46 atletas de diferentes idades e faixas e teve a realização de duas modalidades diferentes: o Kata (luta imaginária) e o Kumitê (combate direto entre os atletas). Magé também foi sede da quarta edição da Copa Do-Heseikan de Karatê, que teve 87 atletas inscritos.

Outro importante campeonato sediado em Magé, no período, foi a Copa Magé de Karatê Interestilos, que marcou o torneio de abertura do circuito da Federação Fluminense de Karatê-Do Interestilos (FFKIRJ). Realizado no Ginásio Poliesportivo Renato Medeiros, em Fragoso, a competição reuniu cerca de 180 atletas de nove associações de municípios do Rio de Janeiro e 68 categorias diferentes entre idades e faixas, incluindo uma categoria para deficientes motores. Dentre os atletas que disputaram o torneio em questão, três possuem o apoio oficial da Prefeitura de Magé, através do Programa Bolsa-Atleta.

– Nossa ideia foi além de organizar eventos. Decidimos apoiar atletas com bolsas. Assim, eles podem focar nos treinamentos, sem se preocupar com questões financeiras – detalhou o secretário de Esporte, Turismo, Lazer e Terceira Idade, Wagner Rosa.

Veja também

+ A incrível história do judeu que trabalhou para os nazistas na Grécia

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar