Esportes

Com foco nos Jogos, Japão faz teste sobre presença de público na sede do beisebol

O Japão iniciou nesta sexta-feira três dias de testes em um estádio de beisebol para avaliar a presença de público em eventos esportivos, com foco especialmente na Olimpíada de Tóquio, adiada para 2021, em função da pandemia do coronavírus. Para isso, vem utilizando dispositivos de tecnologia avançada.

O Yokohama Stadium, uma arena para jogos de beisebol, possui capacidade para 32 mil espectadores e vem recebendo jogos da liga local, mas com limitação para metade da capacidade. Também foi assim nesta sexta-feira, mas no sábado e no domingo não haverá restrição de público.

No experimento, estão sendo utilizados, no estádio, câmeras de alta precisão, algo fundamental para observar a densidade e o fluxo das pessoas nas diferentes áreas da instalação, além da utilização de máscaras pelo público. Além disso, os responsáveis testam dispositivos de monitoramento de dióxido de carbono e máquinas de medição da velocidade do vento como parte das medidas para evitar a propagação da covid-19.

.

“Vamos relatar nossas descobertas aqui para o governo. As informações que obtivermos aqui serão refletidas nas diretrizes que também serão usadas para a Olimpíada do próximo ano e no beisebol profissional”, afirmou Kiyotaka Eguchi, funcionário da prefeitura de Kanagawa, envolvido nos testes.

O estádio de beisebol de Yokohama será usado como palco do beisebol e do softbol na Olimpíada de Tóquio, adiada para o próximo ano e com início previsto para 23 de julho de 2021.

Cerca de 1.750 mortes no Japão foram atribuídas ao coronavírus, um índice relativamente baixo para um país de 126 milhões de habitantes.

Veja também

+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel