Esportes

Com erro de arbitragem, América-MG supera o Ferroviário-CE e avança à terceira fase da Copa do Brasil

O Coelho mais uma vez fez uma partida abaixo do esperado e só passou de fase graças a uma falha do árbitro, que não deu o gol do Ferrão na disputa de penalidades

Com erro de arbitragem, América-MG supera o Ferroviário-CE e avança à terceira fase da Copa do Brasil

O América-MG passou um sufoco diante do Ferroviário-CE, mas conseguiu superar o time cearense e avançou para a terceira fase da Copa do Brasil. O duelo ficou empatado por 1 a 1, gols de Felipe Azevedo e Augusto, no tempo regulamentar, e a equipe mineira passou na disputa de pênaltis, fazendo 3 a 2.

Todavia, um erro da arbitragem foi crucial para o triunfo americano, pois em uma das cobranças do Ferroviário, a bola bateu no travessão e quicou dentro do gol de Matheus Cavichioli. Nem o árbitro, nem o bandeira viram e ficou anotado erro do jogador cearense.

Com essa falha, o América teve vantagem para obter sua classificação no maior mata-mata do futebol brasileiro. O personagem do jogo foi o goleiro do Coelho, que falhou no gol de empate do Ferrão, mas salvou sua equipe na decisão por pênaltis.

O Coelho já havia garantido R$ 2,06 milhões em premiação na Copa do Brasil e, com o triunfo sobre o Ferrão, avançando à terceira fase, garantiu mais R$ 1,7 milhão para os cofres do clube.


+ Mãe conta à polícia que ateou fogo e matou bebê por ‘vergonha’ de ter a gravidez descoberta
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Youtuber é perseguido por jacaré de três metros: veja vídeo



Felipe Azevedo volta ao time e deixa sua marca

O atacante, destaque do Coelho em 2020, estava fora da equipe por problemas físicos e ainda não havia estreado em 2021. Na sua primeira partida, marcou gol e fez bom jogo.

América-MG flerta com o perigo

Apesar de mais tempo com a bola, o Coelho não dominou o Ferroviário. Em vários momentos, o time americano flertou com o perigo de tomar um gol, mais por desatenção de sua defesa, do que méritos dos cearenses. Faltou ao time de Lisca definir a partida e evitar o risco de cobranças de penalidades ou até mesmo uma virada do Ferrão.

Cavichioli falha e Ferrão empata no Horto

A defesa do América-MG permitiu que Augusto invadisse a área americana. Mas, o arremate do jogador cearense não foi forte o suficiente para entrar no gol. O goleiro do Coelho falhou e a vaga foi decidida nos pênaltis.

Erro crasso da arbitragem

Vinicius Gonçalves Dias Araújo não viu que na cobrança de Adilson Bahia não entrou. Um equívoco, pois a bola bateu na trave e quicou dentro do gol americano.Como não tem VAR neste fase, o erro não pode ser corrigido, dando vantagem para o América na disputa.

“Vilão” no tempo normal, herói nos pênaltis

O goleiro americano havia falhado no gol de empate do Ferroviário. Mas, nas cobranças de penalidades, garantiu o Coelho na terceira fase da Copa do Brasil, com duas defesas, inclusive a decisiva que deu a vaga para o time mineiro. Sufoco para o torcedor do América-MG.

O América ainda não voltou da temporada 2020

Em nenhum duelo do Coelho na temporada, a equipe americana fez uma partida boa, em que dominou o adversário, tendo um resultado tranquilo. Se, era uma força para competir com o Galo, neste momento, a preocupação é recuperar o futebol do ano passado, que ainda não foi apresentado este ano.

Próximos jogos

O América-MG volta a campo no sábado, 17 de abril, às 17h30, contra o Coimbra, no Independência. Já o Ferroviário não tem data para nova partida, pois o Campeonato Cearense segue paralisado por conta da pandemia de Covid-19.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

AMÉRICA-MG 1 (3) X 1(2) FERROVIÁRIO-CE
Data: 14 de abril de 2021
Horário: 19h (de Brasília)
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Daniel Luis Marques
Cartões amarelos: Roni(FER)
Cartões vermelhos;
Gols: Felipe Azevedo, aos 17’-1ºT(1-0), Augusto, aos 49’-2ºT(1-1)

AMÉRICA-MG (Técnico: Lisca)

Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Eduardo Bauermann, Anderson Jesus e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho (Flávio, aos 43’-2ºT), Bruno Nazário (Carlos Alberto, aos 23’-2ºT) e Alê (Sabino, aos 43’-2ºT); Rodolfo (Ribamar, aos 23’-2ºT) e Felipe Azevedo(Gustavo, aos 10’-2ºT)

FERROVIÁRIO-CE (Técnico:Francisco Diá)

Jonathan, Polegar (Roni, aos 32’-2ºT), Richardson, Vitão, Emerson (Madson, aos 14’-2ºT), Wesley Dias (Tibiri, aos 31’-2ºT),Diego Viana, Berguinho (Mauri, aos 18’-2ºT),Reinaldo,Wendson(Augusto, aos 32’-2ºT) e Adilson Bahia

Veja também

+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tenha também a Istoé no Google Notícias
+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS