Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

Ainda sem Enderson Moreira à beira do gramado, mas presente nos camarotes, o Bahia voltou a vencer na Série B do Campeonato Brasileiro nesta terça-feira, quando bateu o Brusque, por 2 a 0, no estádio Augusto Bauer, em Brusque, pela 15ª rodada. O auxiliar Luís Fernando Flores dirigiu o time baiano.

Com a vitória desta terça, o Bahia encerrou sequência de duas derrotas consecutivas e se manteve em terceiro lugar, agora com 28 pontos ganhos. Já o Brusque chegou ao segundo jogo sem vitória e caiu para 12º, com 17 pontos.

Enderson foi anunciado no domingo à noite e o clube não teve tempo hábil para registrá-lo junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o que acontecerá durante esta semana. Esta é sua segunda passagem pelo Bahia, tendo dirigido o clube pela primeira vez entre 2018 e 2019.

Em campo, o primeiro tempo foi bastante equilibrado, mas o Bahia foi efetivo com a bola nos pés. Aos 13 minutos, Daniel cruzou da direita e Rildo cabeceou para defesa de Jordan. Contudo, o goleiro do Brusque deu rebote e Rezende, sem marcação, só empurrou para o fundo das redes.

Atrás no placar, o Brusque subiu a marcação e pressionou a saída de bola do Bahia, contudo, não teve capacidade de aproveitar as falhas para empatar. Diferente do Bahia, que ampliou aos 47, quando Rildo cruzou da esquerda e Rodallega, de primeira, acertou o ângulo direito do goleiro Jordan.

No segundo tempo, o Bahia adotou postura defensiva para administrar a vantagem e viu o Brusque ter as melhores chances de gol. Aos nove, Alex Ruan recebeu na entrada da área, girou sobre a marcação e finalizou forte por cima do travessão de Danilo Fernandes.

No restante da partida o Brusque seguiu com maior posse de bola, mas não teve qualidade para colocar a bola para dentro do gol. Melhor para o Bahia, que manteve sua marcação bem postada e atenta para segurar a importante vitória fora de casa.

O Brusque volta a campo na sexta-feira para enfrentar o Operário, às 21h30, novamente no estádio Augusto Bauer, em Brusque. Já o Bahia, no domingo, receberá o Grêmio, às 16 horas, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

FICHA TÉCNICA

BRUSQUE 0 X 2 BAHIA

BRUSQUE – Jordan; Pará (Edílson), Jeferson Bahia, Wallace Reis e Airton; Rodolfo Potiguar, Zé Mateus (Álvaro) e Wagner Balotelli; Alex Sandro (Fernandinho), Crislan (Jaílson) e Alex Ruan (Júnior Todinho). Técnico: Luan Carlos.

BAHIA – Danilo Fernandes; André (Gabriel Xavier), Ignácio, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Rezende (Emerson Santos), Patrick de Lucca, Daniel e Lucas Mugni (Vitor Jacaré); Rodallega (Davó) e Rildo (Raí Nascimento). Técnico: Luís Fernando Flores (auxiliar).

GOLS – Rezende, aos 13; e Rodallega, aos 47 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Luiz Flávio de Oliveira (SP).

CARTÕES AMARELOS – Jeferson Bahia, Airton e Rodolfo Potiguar (Brusque); Ignácio, Rildo e Raí Nascimento (Bahia).

PÚBLICO – 3.176 pagantes.

RENDA – R$ 86.945,00.

LOCAL – Estádio Augusto Bauer, em Brusque (SC).