Esportes

Com dois prêmios, Verstappen se destaca em cerimônia da FIA


O jovem holandês Max Verstappen foi o destaque da cerimônia de premiação da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), realizada na noite desta sexta-feira, em Viena. O piloto de 19 anos, da Red Bull, levou dois prêmios: de Melhor Ação do ano e de Personalidade do Ano.

O primeiro se deve à inesperada ultrapassagem que fez sobre o alemão Nico Rosberg durante o GP do Brasil, em novembro, sob forte chuva. O movimento, que surpreendeu o público e até mesmo Rosberg, confirmou a fama de ousado que Verstappen cultivou ao longo do ano, com manobras arriscadas e ações polêmicas e até criticadas pelos rivais durante as corridas.

Por causa disso, ele levou também o prêmio de Personalidade do Ano. Além das manobras nas pistas, o holandês também chamou a atenção pelas declarações públicas, nas quais entrou em embates contra pilotos mais experientes, como o tetracampeão Sebastian Vettel, da Ferrari.

Verstappen surge como a principal aposta dos organizadores da F-1 para restabelecer a categoria, que vem sofrendo com quedas de audiência na TV e públicos menores nas arquibancadas. Por causa da idade, o holandês vem atraindo a atenção de fãs mais jovens para a F-1.

A cerimônia também marcou a entrega dos troféus de campeão para Nico Rosberg e para a Mercedes, como campeã do Mundial de Construtores. O inglês Lewis Hamilton levou o troféu de segundo colocado, enquanto o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, ficou na terceira colocação geral no Mundial de Pilotos.